Dia de mercados de capital 2017: Mais valor à toda a cadeia de valor

Durante 2017, a Hydro se tornou a única empresa totalmente integrada de alumínio no mercado global, ao adquirir a totalidade das ações da campeã de extrusão Sapa e expandir sua cadeia de valor.

novembro 30, 2017
Presidente e CEO da Hydro, Svein Richard Brandtzæg
Presidente e CEO da Hydro, Svein Richard Brandtzæg
  • Gestão da ciclicidade da indústria por meio de flexibilidade e solidez financeira;
  • Fortalecimento da competitividade por meio de melhorias, atualizações, tecnologia e inovação;
  • Capitalização com base em integração, adicionando valor pela combinação de competências.

“Com a Sapa se tornando nossa nova área de negócios Soluções em Extrudados, a Hydro é, agora, uma empresa integrada em toda a cadeia de valor – da lavra a produtos e soluções avançados e com posições de liderança na maioria dos mercados e regiões”, disse o presidente e CEO da Hydro, Svein Richard Brandtzæg.

“Temos 35 mil empregados dedicados, motivados e competentes em mais de 120 instalações de produção em aproximadamente 40 países e mais de 30 mil clientes em todo o mundo, todos se beneficiando de uma oferta agora ainda melhor e de competências ainda mais fortes na área de tecnologia, Pesquisa & Desenvolvimento, inovação e desenvolvimento de produtos”, disse Brandtzæg.

A Hydro permanece comprometida em assegurar disciplina de capital e um forte balanço patrimonial, e a inclusão da nova área de negócios Soluções em Extrudados fortalece ainda mais o fluxo de caixa da empresa.

Perspectiva positiva em longo prazo

A perspectiva em longo prazo para o alumínio como um metal leve, forte e infinitamente reciclável continua sendo positiva, com um aumento na demanda global de alumínio primário estimado em 2-3% por ano pelos próximos 10 anos. Em termos globais, o aumento da demanda de semiacabados está projetada para 3% e de reciclagem para 3-4% por ano no mesmo período.

“Vemos que a oferta e demanda de alumínio em nível global para 2017 e 2018 será grandemente equilibrada, com o déficit mundial em aceleração, enquanto, na China, ainda há uma oferta excessiva. Consequentemente, a maior incerteza deste cenário está relacionada ao fato de não se saber até que ponto a China agirá de acordo com sua intenção declarada de reduzir a produção ao longo do inverno, devido a questões ambientais”, afirmou Brandtzæg.

No que diz respeito à continuação da demanda e crescimento do alumínio, a Hydro continuará a focar em segmentos avançados, de margem alta e inovação em produtos downstream, enquanto, nas operações, o foco continua sendo eficiência de custos e tecnologia de processos – de acordo com a direção estratégica Melhor, Maior, Mais Verde, agora atualizada com metas ainda mais ambiciosas.

Um novo capítulo para a Hydro

Em 2017, a Hydro atingiu várias de suas ambições, confirmando seu modelo integrado, aumentando sua competitividade e aprimorando suas capacidades para seguir crescendo. Além de acrescentar a Soluções em Extrudados como uma nova área de negócios em outubro, a empresa inaugurou, em maio, uma nova linha automotiva na Alemanha e está por produzir seu primeiro metal no projeto-piloto de tecnologia em Karmoy até o final do ano.

A Hydro também está lançando hoje dois produtos certificados de baixo carbono – o 4.0 e o 75R – como parte de sua ambição de ser a indústria líder em clima e se tornar carbono neutra do ponto de vista do ciclo de vida útil do produto até 2020.   

“Estamos tendo sucesso em nossa estratégia de alta geração de valor em toda nossa cadeia de valor, ao mesmo tempo em que permanecemos comprometidos com nosso ambicioso plano de melhorias, e até já aumentamos nossa ambição geral para NOK 3 bilhões para 2016-2019”, afirmou Brandtzæg.

O ajuste que a Hydro está fazendo em sua meta geral de melhorias é o resultado do aumento de NOK 300 milhões na meta da área Bauxita & Alumina e a redução de NOK 200 milhões na meta da Produtos Laminados, causada por desafios operacionais e o atraso na produção da nova linha automotiva e do novo centro de reciclagem para latas de refrigerante usadas, que agora estão sendo solucionados.

A Hydro está comprometida com uma alocação disciplinada de capital em todo o ciclo do negócio do alumínio, e suas diretrizes para investimentos sustentáveis de capital em longo prazo permanecem abaixo do nível de depreciação, mesmo após o ajuste para aproximadamente NOK 5,5 – 6,0 bilhões ao ano, com a inclusão da Soluções em Extrudados. O retorno aos acionistas continua sendo uma das prioridades da empresa, com a política de retorno de dividendos de 40% da receita líquida em todo o ciclo permanece.


Actualizado: dezembro 8, 2017