Reestruturação

A Hydro praticou a reorganização e a reestruturação durante mais de cem anos, algo que tem sido necessário para sobreviver.

Reestruturação

Sabemos que uma reorganização pode doer. Por isso, ela precisa ser realizada com respeito por nossos funcionários e pela comunidade em que estamos inseridos.
Grande parte de nossa produção ocorre em cidades monoindustriais, onde a Hydro é a única ou uma das poucas grandes empresas. Nesse tipo de cidade, cria-se geralmente uma forte dependência mútua entre a empresa, os funcionários e a comunidade em volta: a empresa depende do bom funcionamento da comunidade, enquanto os trabalhadores e a comunidade local dependem do sucesso da empresa.

Em nosso caso, essa dependência mútua criou uma consciência que chamamos de "práticas empresariais socialmente conscientes". Precisamos um do outro! Por isso é importante que compreendamos e respeitemos um ao outro, o que pressupõe transparência e diálogo.

Uma boa parceria de confiança entre a direção da empresa e os trabalhadores e suas organizações faz parte desse quadro. Isso é importante, mas nem sempre é óbvio. No decorrer da história, vivenciamos reestruturações bem-sucedidas e outras pouco felizes. Já houve agitação, protestos e ações. Os processos mais acertados sempre foram aqueles que se realizaram através de um diálogo aberto.

Em geral, nossos trabalhadores representam o principal contato com a comunidade local. Mas procuramos também manter um contato regular com as autoridades das comunidades locais onde somos um empregador importante. Sobretudo em tempos de reestruturação, isso é fundamental.


Actualizado: outubro 11, 2016