Skip to content

Reciclagem do alumínio

Reciclamos alumínio em todo o mundo, criando uma base para a economia circular.

crane moving bales of crushed aluminium cans

Nosso objetivo é permitir uma economia mais circular por meio de nossas instalações de refusão, onde separamos e refundimos o alumínio usado e produzimos sucata.

Atualmente, mais da metade do alumínio que usamos em nossa produção é reciclado.

Procure o rótulo da Aluminum Stewardship Initiative

A Hydro está comprometida com a sustentabilidade. Estamos certificando fábricas em todas as partes de nossa cadeia de valor sob a Aluminium Stewardship Initiative (ASI), o que significa que você pode confiar que iremos orientá-lo em direção aos materiais e soluções mais sustentáveis do setor.ASI_logo_colour-01.png

O banco de energia

O alumínio é como um banco de energia. Depois de produzido, ele pode ser reutilizado infinitamente, e a reutilização de sucata de alumínio pós-consumo tem uma pegada de carbono muito pequena.

A sucata pós-consumo já viveu uma “vida” - talvez em uma moldura de janela ou lata - e agora foi reciclada para ser transformada em algo novo. A sucata pré-consumo é geralmente sucata que vem do processo de produção e não foi usada. Os produtos de alumínio com maior eficiência de CO2 são os feitos de sucata pós-consumo.

Uma extrusão de alumínio tem em média 15 a 20 anos quando é descartada. Após a reciclagem, esse alumínio ganha uma segunda vida. Mas o processo de refusão adiciona apenas 5% da energia inicial usada para produzir o alumínio primário. O alumínio não perde nenhuma de suas propriedades durante o processo de reciclagem.

A reciclagem de 1 tonelada de alumínio economiza 6 toneladas de bauxita e 9 toneladas de emissões de CO2. Globalmente, a reciclagem de alumínio economiza mais de 100 milhões de toneladas de CO2 todos os anos. ”

Aprenda a projetar para a reciclagem

Como designers, arquitetos ou engenheiros podem projetar e fabricar para uma economia circular? Aqui estão três pontos que vale a pena considerar:

The first is choosing a sustainable material that can be recycled when the product is no longer in use. To give an example close to home, aluminium is a sustainable material because it can be recycled and reused. It does not lose its properties after recycling and the remelting process can save energy consumption by as much as 95 percent. 

 

The second point is joining. You need to know how to join the materials, because the joining method you choose makes a difference. Why?

  • Similar materials do not need to be separated, hence improving the recycling rate 
  • In mixed-material combinations, the best joining techniques enable simple and practical disassembly and separation prior to recycling. These can be mechanical fasteners, including bolts, screws, snap-fit and interlock joints.  

The last point you should consider is repair – and reuse – of the product. Can it be repaired? By whom? Can you use the product or its materials again?

Fortunately, we are seeing more products than before being designed for easy reparation and/or easy reuse by industrial designers and manufacturing companies.  

Podcast:

Reciclagem começa no planejamento

O maior desafio da produção moderna é a sustentabilidade.
 
Muitos produtos não podem ser reciclados devido à forma como são produzidos. É impossível desmontá-los ou simplesmente muito caro. Precisamos produzir coisas que durem mais, possam ser recicladas ou reutilizadas.
 
Compreender as propriedades dos materiais (incluindo a pegada ambiental), e os processos de fabricação ajudarão a criar produtos sustentáveis que possam ser reciclados ou reutilizados.