Skip to content

Dia de Mercados de Capital 2011: Desempenho de vanguarda

Com posições consideráveis a largo prazo na área de bauxita e alumínio neste mundo de recursos limitados, com programas ambiciosos de melhoramento de custos, implementados em toda a cadeia produtiva, e com a fábrica de fundição Qatalum em plena operação, a Hydro ocupa atualmente uma posição de desempenho de vanguarda na indústria de alumínio.

"Apesar da turbulência financeira atual, as perspectivas a largo prazo na área de alumínio continuam bastante promissoras e me sinto fortemente encorajado pelo intenso desenvolvimento do desempenho operacional da Hydro", disse o presidente e diretor-geral da Hydro, Svein Richard Brandtzæg.

"Devido a nossa sólida posição financeira e a habilidade de tomar medidas corretivas proativas, pretendemos sair ainda mais fortes deste curto período de incerteza e incrementar adiante nossa posição industrial relativa ao metal do futuro", afirma Brandtzæg.

Concluída a transação no Brasil em 2011, que revolucionou a empresa, a Hydro é hoje uma empresa de alumínio totalmente integrada, com ativos de nível mundial em operações de mineração de bauxita e refinamento de alumina, que apontam melhoramentos operacionais consideráveis nestes noves meses, desde que se tornaram parte da Hydro.

Agora, com a cadeia produtiva completa, desde a bauxita até a fabricação dos produtos, e, numa perspectiva a largo prazo, uma base sólida em alumínio, a Hydro também alcançou, em setembro, capacidade plena de produção na Qatalum, uma fábrica de alumínio das mais avançadas e com a maior casa de fundição de valor agregado do mundo, situada numa região vantajosa em termos de logística.

O estado de espírito do consumidor foi afetado de forma negativa pela incerteza macroeconômica atual, incluindo a situação das dívidas nacionais na Europa, as perspectivas econômicas mais fracas para os Estados Unidos e a desaceleração do crescimento nos mercados emergentes, levando a queda nos preços de alumínio e a mercados finais mais fracos.

Respondendo de forma enérgica a esta situação de incerteza financeira, a Hydro implementou diversas medidas proativas de melhoramento em toda a sua cadeia produtiva: O programa de melhoramento de USD 300 por tonelada da Metal Primário está se desenvolvendo como planejado e de acordo com o plano de conclusão em 2013 e o sistema flexível de refundição tem sido utilizado para satisfazer menor demanda, observada após o verão.

"O melhoramento contínuo é uma atividade central em todas as áreas de negócios, para colocar a Hydro numa posição de vanguarda em termos de desempenho. Nosso modelo operacional já deu resultados impressionantes na área de negócios Bauxita & Alumina e nossa sólida capacidade operacional permite que nossos negócios downstream criem novas oportunidades de negócios, por meio de liderança tecnológica e inovação", afirma Brandtzæg.

A demanda mundial de alumínio cresceu bastante nos últimos dois anos, aumentando 19 % em 2010 e 7 % em 2011. Espera-se que o crescimento fora da China continue em 2012, embora a um ritmo mais lento de 3-5 %. A essência do negócio de alumínio continua promissora - em virtude das muitas qualidades positivas do metal, incluindo o seu peso leve e a possibilidade de reciclá-lo - e há expectativas de que o mercado global de alumínio apresente firme crescimento a largo prazo.

Alguns pontos de destaque do Dia de Mercados de Capital da Hydro:

  • Os ativos estrategicamente importantes da Hydro na área Bauxita &Alumina provaram ter sólidos melhoramentos operacionais, desde a sua aquisição no primeiro trimestre de 2011. A implementação do sistema de produção da Hydro continua a ser uma atividade central, que já rendeu melhoramentos significativos.

  • Em um mundo de recursos limitados, a Hydro tentará tirar plena vantagem do potencial de sua posição na área de bauxita e alumina, que pode ainda vir a ser mais acentuada com os projetos CAP e Paragominas. Como parte desta estratégia, a Hydro pretende tirar vantagem desta posição favorável, ao considerar oportunidades comerciais e possibilidades de crescimento do portfólio de fundição.

  • O programa de melhoramento de caixa-custo de USD 300 por tonelada nas empresas de participação exclusiva da Hydro está em bom caminho, tendo sua conclusão planejada para o final de 2013. Espera-se atingir um melhoramento real de custos de USD 200 por tonelada até o final de 2011 e outros USD 100 por tonelada até o final de 2013. Atualmente, a indústria está sob pressão, por causa dos custos de matéria-prima e do fortalecimento das moedas, uma realidade que, por um lado, diminui a economia feita pelo programa de melhoramento e, por outro, salienta a importância da medida tomada.

  • A fábrica de fundição Qatalum atingiu capacidade plena de produção em setembro de 2011, concluindo um projeto de USD 5,8 bilhões. A Qatalum está, no momento, produzindo 600.000 toneladas por ano, ligeiramente acima de sua capacidade nominal e os seus volumes de produtos de valor agregado estão levando a Hydro a conquistar crescentes posições de mercado nos Estados Unidos e na Ásia. O foco em 2012 será a racionalização de operações e a obtenção de um nível de custo de cerca de USD 1.400 - 1.500 por tonelada, nas condições do mercado em 2010.

  • Neste clima de incerteza econômica com altos níveis de volatilidade, a Hydro esbanja robustez financeira, com somente NOK 0,1 bilhão de dívida líquida e com a ambição de manter sua flexibilidade financeira e sua avaliação ao nível de "investment grade". Espera-se que as despesas de capital permaneçam em NOK 3,5 bilhões em 2012, dos quais aproximadamente NOK 1,0 bilhão está relacionado com os ativos brasileiros adquiridos da Vale.

  • A Hydro apresenta três cenários para o potencial de lucro no Dia de Mercados de Capital. Os cenários não são previsões, mas representam o potencial de lucros com base em preços selecionados de alumínio e nas taxas de câmbio entre a coroa norueguesa e o dólar americano, fazendo uso de análise de sensibilidade. Todas as receitas não relacionadas com a Bolsa de Londres (LME em inglês) e custos e outras moedas foram mantidos constantes e o LAJIDA proforma dos últimos quatro trimestres foi utilizado como base. Todos os três cenários indicam um LAJIDA significativamente acima das despesas de capital, ilustrando a habilidade de geração de caixa da Hydro.