Skip to content

Quarto trimestre de 2011: Resultados afetados por preços e volumes baixos, mas produção sólida

Os resultados da Hydro antes de juros e impostos somaram NOK 1.133 milhão no quarto trimestre, comparados com NOK 1.646 milhão do trimestre anterior. Preços do alumínio mais baixos, oscilações sazonais de demanda e mercados mais fracos tiveram uma influência negativa nos resultados do trimestre.

• LAJIR de NOK 1.133 milhão
• Volumes e preços de metal mais baixos
• Demanda menor de produtos e oscilações sazonais
• Sólidos resultados para a Energia
• Produção recorde em Paragominas e na Qatalum
• Fortalecimento de esforços de reposicionamento
• Expectativa de crescimento da demanda em 3-5% fora da China
• Proposta de dividendo de NOK 0,75 por ação para 2011
 
“Com base nas ambiciosas medidas de melhoramento de 2011, a Hydro entra o ano de 2012 com uma situação financeira robusta e uma boa plataforma operacional. Os resultados do quarto trimestre refletem a baixa dos mercados e a redução da demanda de alumínio e produtos de alumínio, especialmente na Europa, onde teremos claramente de dar seguimento ao trabalho de reestruturação,” diz o presidente e diretor-geral Svein Richard Brandtzæg.
 
«Implementamos rapidamente medidas, para melhorar as operações e estamos preparados para outras tantas medidas corretivas. Ademais, mantemos nossas expectativas de crescimento de demanda de três a cinco por cento fora da China, apesar da situação macroeconômica fraca e dos desafios a curto prazo. Contudo, a essência da indústria de alumínio permanece sendo positiva, diz Brandtzæg.
 
Devido à deterioração das condições de mercado e a pressão sob os preços, a Hydro amortizou bens correspondentes a NOK 1,3 bilhão no trimestre. Tais amortizações foram excluídas dos resultados subjacentes.
 
O LAJIR subjacente para a Bauxita e Alumina foi menor em relação ao terceiro trimestre, especialmente em consequência da queda dos preços de alumínio ligados à Bolsa de Londres. A produção de bauxita atingiu um nível recorde, graça a uma melhor estabilidade operacional. 
 
Na Metal Primário, os preços de alumínio foram realizados a níveis mais baixos, as margens foram menores e o volume de venda ficou reduzido, influenciando o LAJIR do quarto trimestre. O volume de produção, ao contrário, aumentou, especialmente por causa dos volumes maiores da Qatalum.
 
As operações midstream da Hydro acarretaram em perdas para o trimestre, em resposta aos efeitos de câmbio significativamente negativos. O LAJIR subjacente ficou algo menor, afetado pelos fracos resultados das atividades comerciais.

O LAJIR subjacente dos negócios downstream foi mais baixo que no terceiro trimestre, impactado pelo declínio sazonal e a tendência de mercado fraca, em particular para o mercado de extrusão europeu.

A Energia, ao contrário, apresentou sólidos resultados antes juros e impostos e sua  produção foi alta, embora tivesse havido alguma queda, comparados com o terceiro trimestre.

Em resposta à tendência de mercado, a Hydro reduziu sua produção de refundidos, reforçou os programas de melhoramento e vitalizou sua disciplina financeira. Redução de custos e outras medidas de melhoramento na Metal Primário somaram aproximadamente um bilhão em 2011, em comparação com os níveis de custos operacionais de 2009. Em janeiro de 2012, a Hydro decidiu fechar temporariamente 60.000 toneladas anuais da capacidade da fábrica de refusão em Kurri Kurri, Austrália, devido à influência negativa dos baixos preços de alumínio, o aumento das matérias-primas e a alta do dólar australiano. Além do mais, foram implementadas várias medidas visando o aumento de eficiência de produção e a redução de custos em toda as operações downstream da Hydro, incluindo medidas que colocarão a Sistemas de Construção (Building Systems) em bom caminho novamente – com uma meta de redução de custos de 40 milhões de euros até o final de 2012, comparada com os níveis de 2010.

Aproximadamente NOK um bilhão das amortizações mencionadas acima estão relacionadas com a fábrica em Kurri Kurri. Do valor restante, por volta de NOK 230 milhões estão relacionadas às atividades do sistema de construções da Hydro no sul da Europa. Além disso, a Hydro amortizou cerca de NOK 300 milhões de ativos por impostos diferidos das atividades na Austrália e no sul da Europa.
 
No quarto trimestre, a Hydro concluiu a venda de sua participação na refinaria de alumínio Alpart na Jamaica, obtendo um lucro após impostos de NOK 465 milhões.
 
O fluxo de caixa operacional totalizou NOK 3,5 bilhões no trimestre e o fluxo de caixa líquido utilizado para investimentos foi de NOK 1,3 bilhão. No final de 2011, a situação de fluxo de caixa líquido da Hydro era de NOK 1,7 bilhão.
 
Para o ano de 2011 como um todo, o LAJIR subjacente aumentou para NOK 6.133 milhões em relação aos NOK 3.351 milhões de 2010. Devido à aquisição da Vale e a conclusão da Qatalum, a realização da alumina e do alumínio a preços mais altos e os volumes de produção maiores tiveram um efeito positivo para o ano.
 
Ainda se sofre com a grande insegurança relacionada com a tendência econômica, que pode ter consequências para toda a indústria do alumínio em geral. No sul da Europa,  espera-se especialmente que o mercado siga com uma tendência fraca de desenvolvimento.

O Conselho Administrativo da Hydro propôs que o dividendo para 2011 ficasse em NOK 0,75 por ação, refletindo o compromisso da empresa de proporcionar a seus acionistas rendimento financeiro.

Recommended for you