Skip to content

Segundo trimestre de 2014

O lucro operacional ajustado da Norsk Hydro ASA foi de NOK 544 milhões no segundo trimestre, declínio em relação aos NOK 772 milhões obtidos no trimestre anterior. Os preços e a produção de energia elétrica sazonalmente mais baixos afetaram o resultado, que foi parcialmente compensado pelo preço total de alumínio mais alto e melhor resultado na área de Metal Primário.

  • Lucro Operacional Ajustado de NOK 544 milhões
  • Maiores preços de alumina realizados e preços de alumínio total
  • Produção da Alunorte a níveis recordes
  • Preços e produção de energia elétrica sazonalmente mais baixos
  • Demanda de alumínio no mundo, excluindo a China, continua a ultrapassar a produção
  • Acordo assinado para assumir a fábrica de alumínio primário em Soeral

“A demanda de alumínio continua a ultrapassar a produção, fazendo com que o mercado esteja pressionado e que os níveis de preços de alumínio total (preço mais prêmio) sejam mais elevados desde 2012. Continuamos nossos esforços de melhoria em toda a cadeia produtiva e, atualmente, a Qatalum está entre as dez melhores fábricas de alumínio no mundo quando se trata de posicionamento de custos”, afirmou o presidente executivo da Hydro, Svein Richard Brandtzæg.

A área de Bauxita & Alumina, com todos os seus ativos no Brasil, apresentou resultado negativo, embora tenha melhorado em comparação com o primeiro trimestre de 2014, dada a influência do aumento dos preços e maior volume de vendas de alumina. Este desenvolvimento positivo foi contrabalançado pelo comportamento das taxas de câmbio e maiores gastos com pagamento de ICMS sobre óleo no trimestre.

“Estou satisfeito de ver que a produção da refinaria de alumina Alunorte está a um nível recorde de mais de seis milhões de toneladas anuais, mas, infelizmente, os resultados ainda são fracos. No entanto, nosso programa de melhoria “De B até A” vem se desenvolvendo bem e os resultados devem começar a impactar o lucro nos próximos trimestres”, disse Brandtzæg.

Influenciado por produtos com prêmio mais elevados, o lucro operacional ajustado da área de Metal Primário melhorou no segundo trimestre, mas foi impactado negativamente pelos volumes mais baixos de vendas e preços de alumínio realizados um pouco menores.

A área de Mercados de Metais teve um lucro operacional ajustado mais fraco que no primeiro trimestre, especialmente em função da queda nos resultados de compras e comércio, os quais foram parcialmente compensados pelos volumes mais elevados das fábricas de refusão.

“Foi um trimestre repleto de atividades importantes: assinamos contrato de aquisição da fábrica de metal primário de Soeral, cujos produtos se enquadram muito bem na estratégia de produtos de fundição premium da Hydro; assinamos quatro contratos de fornecimento de energia elétrica, assegurando parte de nossa necessidade de compra externa de energia até 2020; obtivemos junto à instituição Enova apoio financeiro para construir a fábrica-piloto energeticamente mais eficiente do mundo – que representa um passo importante para nos tornarmos carbono neutro até 2020 e um dos pilares de nossa estratégia de desenvolver um portfólio de alumínio com base na energia elétrica da Noruega”, afirmou o presidente.

O lucro operacional ajustado da área de Produtos Laminados permaneceu estável em comparação com o trimestre anterior.

Devido à produção sazonalmente mais baixa de energia elétrica e preços mais baixos em nossas áreas de produção, o lucro operacional ajustado da área de Energia sofreu queda em relação ao primeiro trimestre.

Os resultados operacionais da Sapa apresentaram melhora durante o trimestre, influenciados, em parte, pelos volumes de vendas sazonalmente mais fortes.

O fluxo de caixa operacional somou um bilhão de coroas norueguesas (NOK) no segundo trimestre, incluindo aproximadamente 0,5 bilhão oriundo de dividendos da Qatalum. O caixa líquido utilizado para investimentos totalizou NOK 0,7 bilhão. Os dividendos pagos durante o trimestre chegaram a NOK 1,6 bilhão. A posição de dívida líquida da Hydro era de cerca de NOK 1,9 bilhão no final do segundo trimestre.

O EBIT somou NOK 620 milhões no segundo trimestre. Além dos fatores já mencionados acima, o EBIT inclui ganhos líquidos com derivativos não realizados e efeitos positivos de metal de NOK 154 milhões ao todo. Os lucros reportados incluíam também NOK 87 milhões, gerados a partir das atividades de racionalização na Sapa (cota da Hydro).

No trimestre anterior, o EBIT atingiu NOK 822 milhões, incluindo ganhos líquidos com derivativos não realizados NOK 170 milhões ao todo. Os lucros reportados incluem imparidade de NOK 33 milhões ligados ao desinvestimento em uma fábrica de fundição em Hannover e custos de NOK 86 milhões relacionados especialmente com a racionalização na Sapa (cota da Hydro).

A receita provinda das operações continuadas foi de NOK 269 milhões no segundo trimestre de 2014, incluindo perdas cambiais de NOK 101 milhões. No trimestre anterior, a receita de operações continuadas representou NOK 462 milhões, incluindo ganhos cambiais líquidos de NOK 193 milhões.

Em inglês:

 Key financial information
NOK million, except per share data Second quarter 2014 First
quarter
2014
% change prior quarter Second
quarter
2013
% change prior year quarter First half 2014 First
half
2013
Year
2013
 
Revenue 18,272 18,282 - 16,052 14 % 36,553 32,161 64,877
 
Earnings before financial items and tax (EBIT) 620 822 (25)% 376 65% 1,442 1,081 1,663
Items excluded from underlying EBIT (75) (50) (49)% 144 >(100)% (126) 516 1,063
Underlying EBIT 544 772 (29)% 520 5% 1,316 1,596 2,725
 
Underlying EBIT:
Bauxite & Alumina (269) (288) 7% (244) (10)% (557) (308) (1,057)
Primary Metal 420 312 35% 237 77% 732 602 1,422
Metal Markets 100 141 (30)% 147 (32)% 241 292 594
Rolled Products 177 181 (2)% 183 (3)% 358 334 615
Energy 169 435 (61)% 268 (37)% 603 784 1,653
Other and eliminations (52) (8) >(100)% (70) 26% (61) (109) (502)
Underlying EBIT 544 772 (29)% 520 5% 1,316 1,596 2,725
 
Underlying EBITDA 1,653 1,861 (11)% 1,674 (1)% 3,514 3,886 7,306
 
Underlying income (loss) from discontinued operations - - - 112 (100)% - 163 220
Net income (loss) 269 462 (42)% (665) >100% 730 (402) (839)
Underlying net income (loss) 318 388 (18)% 427 (26)% 705 1,075 1,610
 
Earnings per share 0.09 0.19 (53)% (0.31) >100% 0.28 (0.17) (0.45)
Underlying earnings per share 0.13 0.16 (21)% 0.19 (33)% 0.29 0.49 0.65
 
Financial data:
Investments 740 546 36% 652 14% 1,286 1,729 3,761
Adjusted net interest-bearing debt (13,551) (11,230) (21)% (11,857) (14)% (13,551) (11,857) (10,128)
 
 Key operational information
Alumina production (kmt) 1,526 1,428 7% 1,248 22% 2,954 2,609 5,377
Primary aluminium production (kmt) 488 484 1% 483 1% 972 961 1,944
Realized aluminium price LME (USD/mt) 1,762 1,749 1% 1,926 (9)% 1,755 1,986 1,902
Realized aluminium price LME (NOK/mt) 10,660 10,702 - 11,217 (5)% 10,682 11,378 11,160
Realized NOK/USD exchange rate 6.05 6.12 (1)% 5.82 4% 6.09 5.73 5.87
Metal products sales, total Hydro (kmt) 843 871 (3)% 789 7% 1,714 1,595 3,164
Rolled Products sales volumes to external market (kmt) 245 243 1% 245 - 488 482 941
Power production (GWh) 2,248 2,964 (24)% 2,090 8% 5,212 4,993 10,243