Skip to content

Manutenção prolongada na Hydro Paragominas não afeta produção na Hydro Alunorte

Um dos dois moinhos de bolas em operação na Hydro Paragominas foi retirado para manutenção planejada no início de março, com retorno previsto para a segunda quinzena deste mês. Enquanto o trabalho progredia, uma inspeção revelou itens que requerem um maior período de redução na produção. Sendo assim, a manutenção e as melhorias são esperadas para durar até a segunda quinzena de abril.

Em condições normais, a Hydro Paragominas opera com dois moinhos de bolas. Estando um deles fora de operação para manutenção, a produção em Paragominas está rodando a 50% da capacidade.

Considerando esta manutenção, a Hydro Alunorte estava operando com estoque suficiente para cobrir o período de manutenção planejada. Os atuais níveis de estoque na Hydro Alunorte e abastecimento proveniente da Mineração Rio do Norte (MRN) deverão ser suficientes para cobrir as necessidades de bauxita durante o período de manutenção estendida, garantindo que a produção da refinaria permaneça inalterada.

A capacidade nominal de produção na Hydro Paragominas é de 9,9 milhões de toneladas. A capacidade nominal da Alunorte, a maior refinaria de alumina do mundo, é de 6,3 milhões de toneladas. Ambas as operações estão situadas no Estado do Pará, no Brasil.