Skip to content

Albras entre as melhores empresas do setor no Brasil

A Albras, joint venture de alumínio primário da Hydro e da NAAC, foi classificada como uma das três melhores empresas de Metalurgia e Siderurgia no anuário Empresas Mais, do jornal O Estado de São Paulo, que chega às bancas em outubro.

A publicação apresenta o ranking com as empresas de melhor desempenho no Brasil. O reconhecimento foi anunciado durante o evento de premiação em São Paulo (SP), no último dia 29/09, que contou com a participação do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles e do governador do estado de São Paulo, Geraldo Alckmin.

“Representando todos os empregados que trabalham na Albras é um orgulho participar deste prêmio. É um veículo de comunicação de âmbito nacional, que destaca a contribuição da Albras dentro da sociedade brasileira, não só no Pará. E também reconhece o efeito do nosso trabalho na economia nacional e a grande história da Albras dentro do Brasil nesses mais de 30 anos de conquistas. Além disso, reforça a posição da Albras como grande produtora de qualidade e adição de valor dentro da sociedade brasileira”, declarou Og Bernadi, diretor presidente da Albras.

Ele também destacou o apoio dos acionistas nesta conquista. “Nossos acionistas são os responsáveis pela continuidade dos investimentos na fábrica, especialmente quando se trata do atual cenário econômico do mercado do alumínio e do país”, enfatizou.

Premiação

O anuário avaliou 1.500 companhias em 22 setores da economia, em um estudo promovido pelo Estadão em parceria com a Fundação Instituto de Administração - FIA; com a BoaVista Serviços e o acompanhamento técnico da agência Broadcast.

O resultado é não apenas o ranking das maiores empresas do Brasil, mas também daquelas que mais impactam seus setores. Na categoria Metalurgia e Siderurgia as três premiadas foram a Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração - CBMM, ArcelorMittal e Albras.

“É importante uma empresa produtora de um bem industrial como o alumínio estar nesse ranking. É essencial que tenhamos no Brasil uma cadeia produtiva saudável e isso começa com o alumínio primário sendo feito de uma maneira sustentável, tanto do ponto de vista dos impactos ambientais como também dos resultados financeiros. Essa é a resposta que a Albras apresenta para a sociedade”, afirmou Milton Rego, presidente executivo da Associação Brasileira do Alumínio – ABAL, presente à cerimônia de premiação.