Skip to content

Alunorte atende notificação do Ministério Público

A Alunorte recebeu notificação do Ministério Público Estadual e Federal, no dia 20 de abril (PR/PA/GAB 10 nº 40/2018), orientando providências para distribuição exclusiva de água mineral para comunidades em Barcarena (PA). A notificação foi baseada na alegação de que amostras da água que é fornecida pela Alunorte, através dos caminhões pipa, estariam contaminadas. A Alunorte informa que a empresa contratada para este serviço segue as normas sanitárias e mantém controle conjunto com a vigilância ambiental do município de Barcarena para monitorar a qualidade da água distribuída às comunidades.

A Alunorte informa também que, seguindo a notificação do Ministério Público, suspende a distribuição de água potável em caminhões pipa a partir de 21 de abril. A empresa manterá a distribuição de água mineral, cujo uso se destina a beber e cozinhar, para as comunidades Burajuba, Vila Nova e Bom Futuro, que já recebem esta assistência. A Alunorte está comprometida em averiguar estas informações e reforça sua disposição para continuar colaborando com as autoridades e com as comunidades de Barcarena.

Em relação à notificação do Ministério Público, a Alunorte esclarece:

  • A notificação cita cinco comunidades, porém a Alunorte, como parte da ajuda humanitária prestada às comunidades afetadas pelas fortes chuvas de fevereiro, tem distribuído água potável para cerca de 1.800 famílias em três comunidades especificamente: Burajuba, Vila Nova e Bom Futuro.
  • Para realizar a distribuição de água, a empresa contratou 10 caminhões pipa para distribuição de água potável para o preparo de alimentos, higiene corporal entre outras finalidades de uso doméstico. Estes veículos estão de acordo com a normas sanitárias tais como tanques em aço inoxidável, identificação do veículo como destinado ao transporte de água potável, sanitização do tanque e licenciamento dos veículos para transporte deste produto.
  • A água distribuída pelos caminhões pipa advém da estação de tratamento de água da concessionária local (Águas de São Francisco), que está sendo monitorada pela empresa prestadora do serviço (Fontaim) em conjunto com a Vigilância Ambiental do Município de Barcarena, seguindo a portaria de consolidação nº 5 do Ministério da Saúde.
  • A distribuição de água via caminhão pipa complementa o abastecimento que as famílias recebem de água mineral para consumo, que é fornecida semanalmente em galões de 20 litros pela empresa contratada pela Alunorte. A empresa que fornece a água mineral é monitorada e licenciada pela Vigilância Sanitária através do 1º Centro Regional de Saúde, garantindo que está apta a desenvolver as atividades conforme determina a RDC 173/Anvisa.
  • A Fontaim, sob supervisão de um engenheiro ambiental e de um analista ambiental contratados pela Alunorte, monitora a potabilidade da água distribuída pelos caminhões a cada viagem realizada. Os laudos de cada carga comprovam a potabilidade com base na análise dos parâmetros: pH, turbidez, cor, cloro residual livre e ferro. Demais parâmetros são medidos periodicamente pela concessionária de água local (Águas de São Francisco) e acompanhados pela Alunorte.