Skip to content

Hydro propõe oferta para adquirir a planta de alumínio islandesa ISAL

A empresa de alumínio norueguesa Norsk Hydro ASA fez uma oferta vinculativa para adquirir 100% das ações da fábrica de alumínio islandesa ISAL que pertence à empresa Rio Tinto. A oferta também inclui as instalações de anodo holandesas, Aluchemie, e a planta sueca de fluoreto, Alufluor.

Destaques da transação

  • Oferta vinculativa para adquirir a fábrica de alumínio islandesa, Rio Tinto Iceland Ltd (“ISAL”), de propriedade da Rio Tinto, seus 53% de participação nas instalações holandesas de anodo, Aluminium & Chemie Rotterdam B.V. (“Aluchemie”), e 50% de sua participação na planta sueca de fluoreto de alumínio, Alufluor AB (“Alufluor”) por USD 345 milhões, sujeitos a ajustes após conclusão.
  • De acordo com a legislação francesa e holandesa, a oferta da Hydro desencadeia uma consultação aos empregados da Rio Tinto e outras partes interessadas. Dado o sucesso das consultações e a aprovação das autoridades de concorrência da União Europeia, a conclusão da transação está prevista para o segundo trimestre de 2018, tornando a ISAL, a Aluchemie e a Alufluor partes das operações globais da Hydro.  

Razões estratégicas

  • Reforça nossa posição líder na Europa: a ISAL produz 210 mil toneladas de metal líquido e 230 mil toneladas de lingotes de extrusão para os segmentos europeus de construção e transporte, de sua recém-construída casa de corrida com capacidade para testes de ultrassom completos. Isso reforçará ainda mais a posição da Hydro como o fornecedor preferencial e líder de lingotes de extrusão na Europa.

 

  • Energia renovável: a Hydro é um dos principais produtores mundiais de alumínio com base em energia renovável. Com as 210 mil toneladas de alumínio da ISAL baseadas em energia renovável, a Hydro aumenta sua capacidade total de produção de alumínio primário para 2,4 milhões de toneladas em 2018 e sua cota de produção baseada em energia renovável para mais de 70%.

    • Cadeia de valor integrada: a transação reforça a direção estratégica da Hydro de ser uma empresa de alumínio totalmente integrada, com sólida base de ativos, flexibilidade de portfólio e operações globais sustentáveis.

“A oferta demonstra nossa forte crença no alumínio, que está tendo o maior crescimento da demanda global entre os metais comuns. Ter presença em toda a cadeia de valor é essencial para gerar valor a partir desse crescimento e promover práticas sustentáveis ​​em nossas operações globais", disse o presidente e CEO da Hydro, Svein Richard Brandtzæg.

A Hydro vê sinergias no que diz respeito à tecnologia de aumento da produtividade por meio de ajustes técnicos, otimização do portfólio de anodo, frete e tratamento. A fábrica islandesa utiliza a mesma plataforma tecnológica da fábrica Husnes na Noruega, onde a Hydro anunciou recentemente a reabertura e modernização tecnológica da segunda linha de eletrólise da planta.

"Vemos um grande potencial na troca de competências e elementos tecnológicos entre nossas plantas de alumínio. Atualmente, estamos operando um projeto-piloto de tecnologia na Noruega que pretende ser a instalação de produção de alumínio mais eficiente do mundo em termos de energia e clima. Essas inovações abrangerão outras instalações da Hydro, e, como parte da Hydro, a ISAL irá se beneficiar de tais efeitos complementares e competências tecnológicas", disse Hilde Merete Aasheim, vice-presidente executiva da Hydro e responsável pela área de negócios Metal Primário.