Skip to content

Hydro toma medidas para preservar postos de trabalho na Alunorte

Para preservar empregos, 600 empregados das operações da Alunorte terão férias coletivas a partir de 31 de março.

Os empregados sairão em grupos alternados, por períodos de 10 dias.

O Ministério do Trabalho e Emprego foi informado sobre a decisão em 15 de março. A decisão também foi comunicada ao Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas (SindQuímicos) do município de Barcarena e a sindicatos da Noruega.

Esta medida, que também foi adotada em Paragominas, visa preservar empregos diante da redução da operação de refinaria em 50%, desde 1º de março. Qualquer alteração nas sanções de produção também mudará o cronograma de férias.

A Hydro não considera demissões no momento. “A empresa está utilizando todos os instrumentos jurídicos e trabalhistas possíveis para preservar todos os postos de trabalho”, afirma o diretor de Recursos Humanos, Douglas Ruozzi.

Em 27 de fevereiro, a Secretaria do Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pará (SEMAS)  determinou formalmente o corte de 50% da produção de alumina calcinada na refinaria de alumina Alunorte, de propriedade da empresa de alumínio norueguesa Norsk Hydro ASA.