Skip to content

Atualização operacional e de mercado, primeiro trimestre de 2019: Alunorte e ataque cibernético forçam queda dos níveis de produção

O volume geral de produção da Hydro caiu no primeiro trimestre do ano, se comparado com o mesmo período no ano passado, refletindo o corte de produção da Alunorte ainda em vigor e o recente ataque cibernético que causou desafios de produção, especialmente na área de negócios de Soluções em Extrudados. A Hydro divulgará os resultados completos do primeiro trimestre em 05 de junho.

Hydro's extrusion plant in Portland, Oregon.
Hydro's extrusion plant in Portland, Oregon.
  • Hilde Merete Aasheim foi anunciada como a nova CEO da Hydro e assumirá efetivamente em 08 de maio.
  • Estima-se que o ataque cibernético em 19 de março tenha tido um impacto financeiro de NOK 400-450 milhões no primeiro trimestre.
  • Alunorte e o Ministério Público entregaram petição conjunta para retirar o embargo de produção.
  • Colocação bem-sucedida de um total de 800 milhões de euros em obrigações não garantidas e não subordinadas.
  • Acordo celebrado com o Departamento da Justiça em investigação de eventos ocorridos em 2015 em uma planta de extrusão da Soluções em Extrudados nos Estados Unidos.
  • Soluções em Extrudados adquiriu duas empresas no segmento de sistemas de construção.
  • Expectativa de que o mercado global de metal primário venha a ficar em déficit e que a macroeconomia continue incerta.

“O ataque cibernético que atingiu a Hydro em 19 de março afetou toda a organização global, sendo a Soluções em Extrudados a área de negócios que mais sofreu com os significativos desafios operacionais e perdas financeiras”, disse o presidente e CEO da Hydro, Svein Richard Brandtzæg, acrescentando que o impacto financeiro geral do ataque cibernético está estimado em NOK 400-450 milhões no primeiro trimestre. A Hydro conta com um robusto seguro contra ataques cibernéticos de seguradoras reconhecidas 

“Os últimos acontecimentos no Brasil mostram que estamos progredindo em direção a uma solução para o embargo na Alunorte, embora o momento exato ainda seja incerto”, explicou Brandtzæg. Em 12 de abril, a Hydro e o Ministério Público entregaram uma petição conjunta à Justiça Federal no Pará, solicitando que o embargo de produção contra a Alunorte seja retirado.  Nesse momento, a petição está sendo avaliada pela Justiça.

Em 12 de abril, a Hydro anunciou que iria, devido ao ataque cibernético, prorrogar para 5 de junho a divulgação completa do relatório de seu primeiro trimestre. Os dados preliminares revelam que o volume de vendas externas de Soluções em Extrudados, a mais afetada pelo ataque, caiu de 362 mil toneladas no primeiro trimestre de 2018 para 333 mil toneladas no mesmo trimestre este ano. O foco da estratégia da Soluções em Extrudados tem sido valor acima de volume, tendo planejado para o primeiro trimestre um volume mais baixo do que o do mesmo trimestre em 2018, antes do ataque cibernético, o que fez com que seus volumes do primeiro trimestre ficassem ainda mais reduzidos.

Apesar do ataque, as demais áreas de negócios da Hydro – Bauxita & Alumina, Metal Primário, Produtos Laminados e Energia – conseguiram produzir proximamente aos seus níveis normais, ainda que com alternativas de trabalho mais intensas e procedimentos manuais.

Durante o primeiro trimestre, Soluções em Extrudados adquiriu a empresa alemã MBG e os 50% restantes da Technal Middle East, continuando assim sua estratégia de crescimento seletivo em mercados de nicho.

Como anunciado em 23 de abril, a Hydro chegou a um acordo com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos sobre a investigação de resultados de testes feitos pela planta da Soluções em Extrudados em Portland. A investigação foi iniciada antes de a Hydro assumir totalmente a propriedade da Sapa e os eventos montam de 2015.

A Hydro mantém a expectativa de que o mercado global de alumínio primário fique em déficit durante todo ano de 2019 e de que a incerteza da macroeconomia continue.

Analyst and media contacts

Even Simonsen

Even Simonsen

Industry Analyst

Erik Brynhildsbakken

Erik Brynhildsbakken

Vice president, Communication