Skip to content

Conscientização ambiental no maior evento agropecuário do Norte

Participação da Hydro na 53ª Agropec, em Paragominas, no Pará, inclui estande, ações de educação ambiental com alunos de escolas locais e seminário sobre projetos de pesquisa em andamento

Estudantes participam das ações educativas no estande da Hydro (Foto: Yuri Lifschiitz)
Estudantes participam das ações educativas no estande da Hydro (Foto: Yuri Lifschiitz)

A 53ª Exposição Agropecuária de Paragominas (Agropec), realizada no Parque de Exposição Amílcar Tocantins, em Paragominas, no Pará, se destaca pela a exposição de máquinas, bovinos e equinos, shows, leilões e rodeios profissionais, mas também tem espaço para o incentivo à conscientização ambiental promovida pela Hydro, com a Mineração Paragominas. A feira, que é organizada pelo Sindicato dos Produtores Rurais (SPRP) e é considerada o maior evento agropecuário da região Norte, tem o patrocínio da Hydro há 15 anos. O evento ocorre de 10 a 18 de agosto.

No estande da Mineração Paragominas, as técnicas de recuperação ambiental são explicadas pela equipe de Meio Ambiente. Nos dias 12, 13 e 14 de agosto, a Mineração Paragominas promove ações de educação ambiental voltadas aos alunos de escolas públicas e privadas, das turmas de ensino fundamental II (8º e 9º anos) e ensino médio (1º, 2º e 3º ano).

No estande, os estudantes participam de uma exposição itinerante pela maquete que mostra a extensão do mineroduto da Mineração Paragominas até a refinaria Alunorte, em Barcarena. Com as informações sobre os cenários dos processos de mineração e recuperação ambiental, eles conhecem um pouco mais sobre a importância dos profissionais que atuam no setor mineral.

Barragens - Em todos os dias da participação na Agropec, o destaque também são as informações sobre a gestão operacional e a segurança das barragens de rejeito da empresa. Ao entrar no estande, o visitante reproduz a experiência de caminhar sobre o rejeito, exatamente como ocorre na planta, e confer um mostruário com bloco do rejeito.

Em paralelo, também durante toda a programação, os profissionais de Recursos Humanos abordam as oportunidades de ingresso na empresa por meio dos programas de Trainee, Estágio e Jovem Aprendiz.

Em 2018, o Sindicato contabilizou a circulação de 230 mil pessoas em todos os dias da Agropec e a movimentação de R$ 3 milhões em negócios. Para este ano, a expectativa é que cerca de 200 empresas participem da feira.

Mineração e biodiversidade são destaques em seminário

 

A participação da Hydro na Agropec também inclui a realização do “II Seminário de Mineração e Biodiversidade: Garantindo Sustentabilidade”, que será realizado no dia 12 de agosto, no auditório do Parque de Exposição.

No evento, são apresentados os projetos de pesquisa realizados pelas equipes do Consórcio de Pesquisa em Biodiversidade Brasil - Noruega (BRC) e desenvolvidos dentro da Mineração Paragominas, como os estudos sobre a fauna terrestre e a fauna aquática, a polinização e os resultados alcançados na reabilitação de áreas mineradas, entre outros. Esse seminário contará com a participação de pesquisadores da Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), da Universidade Federal do Pará (UFPA) e do Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG, instituições parceiras da Hydro no Consórcio.

Na iniciativa do BRC, também estão envolvidos a Universidade de Oslo (UiO) e os profissionais da Hydro, no intuito de conhecer como se comportam os diversos organismos biológicos e físicos no processo de restauração ambiental, inclusive o retorno dos serviços ecológicos.

Mais de 150 profissionais participam dos programas desta iniciativa. “As operações de mineração devem estar em total sinergia com o fomento à biodiversidade e à adoção de tecnologias para aprimorar o monitoramento de flora e fauna, além das técnicas de reflorestamento. As parcerias acadêmicas e os estudos científicos do BRC são as bases para recuperação das áreas mineradas de forma sustentável. Além disso, contribuem para o desenvolvimento da ciência na área de sustentabilidade e dão mais transparência às nossas ações”, explica Evilmar Fonseca, diretor Industrial da Mineração Paragominas.