Skip to content

Empresários e agricultores se reúnem em rodada de negócios

Mais de dez termos de intenções de compra foram formalizados durante o evento do Projeto Amesa.

Empresários e agricultores assinaram termos de intenções de compra durante o evento
Empresários e agricultores assinaram termos de intenções de compra durante o evento

Pela primeira vez, empresários de mercados, hortifrutis, hotéis e bares, se reuniram com agricultores familiares participando do Projeto Amesa para uma rodada de negócios e fomento da comercialização de produtos agrícolas de Paragominas (PA). A ação é uma realização da Hydro com o Centro de Empreendedorismo da Amazônia, além de contar com apoio da Prefeitura de Paragominas, Sebrae, UFRA, EETEPA e Embrapa. Foram fechados mais de 10 termos de intenções de compra de produtos, como mandioca, melancia, polpa de fruta, abacaxi, mamão, melão, limão, alface, jambu, pimenta, entre outros.

Os empresários e produtores agrícolas também se inscreveram no aplicativo online Amesa para realizar e monitorar todo comércio regional gerado a partir do encontro. Pela plataforma online o comprador (empresário) pode encontrar seus produtos, conhecer novos produtores, comprar direto do agricultor regional e ter suas demandas atendidas com maior velocidade.

Dinamara Silva, da Alibraz Alimentos, empresa que abastece o restaurante da Mineração Paragominas, mina de bauxita da Hydro, também confirmou dois protocolos de intenções. “Temos uma demanda de 300 a 400 quilos de verduras e legumes por semana - como batatas e macaxeira – para fornecer refeições na empresa. Os negócios fechados no projeto Amesa nos apoiam para garantir a qualidade do serviço e atender nosso público com variedade gastronômica baseada em produtos locais”, comenta.

O agricultor familiar ganha com o cadastro de suas informações e produtos, quantidade de estoques, dados da safra e localização para promover maior precisão na logística de vendas. O aplicativo ainda oferece fóruns de debates temáticos, novidades do setor agrícola e sistema para encontrar os principais produtores locais.

O agricultor de macaxeira e abacaxi em Paragominas, João Tavares Magalhães, considera o Amesa um marco no seu aprendizado profissional. “Já consegui ampliar e vender antecipadamente minha produção, gerando negócios pelo relacionamento com os empresários locais em virtude do projeto”, explica.

“Reforçamos que o trabalho colaborativo, um dos pilares de responsabilidade social da Hydro, pode proporcionar resultados relevantes para a economia local por meio do fomento aos negócios agrícolas em Paragominas. Foi possível apoiar o agricultor local, por meio de capacitações, para que se torne um empreendedor bem-sucedido no fechamento de contratos para distribuir sua produção”, analisa Luana Carvalhosa, gerente sênior de responsabilidade social da Hydro.

Julia Moutinho, do Centro de Empreendedorismo da Amazônia, considera que “todos os empreendedores e agricultores, que participaram do evento, conseguiram dialogar e avançar nos negócios, gerando benefícios para estes grupos e para o comércio regional”.

Conexão Amesa PGM 2.jpg

Excelência

O projeto Amesa desenvolveu um diagnóstico do mercado local com destaque aos produtos disponíveis, precificação, prazos de entrega e um levantamento das expectativas dos produtores e dos empresários locais para apoiar a maturação de negócios e fomento do consumo de produtos locais.

Também proporcionou três etapas de capacitação oferecidas pelo projeto aos produtores locais nos eixos técnicos, de negócios e de acesso a políticas públicas.

O projeto Amesa também é desenvolvido em Barcarena, no Pará, desde novembro de 2018, onde já atendeu mais de 280 agricultores familiares. O projeto continuará acompanhando todas as vendas e negociações para garantir suporte e maturação dos negócios com as melhores práticas de mercado.

Recommended for you