Skip to content

Indústrias compram mais produtos e serviços paraenses

Programa de Desenvolvimento de Fornecedores da Hydro contribui para capacitação e aumento de aquisições no Estado

Um grupo de homens e mulheres, de pé, no palco, segurando certificados e sorrindo
Fornecedores certificados pela Hydro. Próxima turma será em Paragominas (Foto: Led Produções)

No Pará, a qualificação de fornecedores das indústrias tem resultado em maior volume de compras locais. É crescente a aquisição de produtos e serviços por grandes empresas de diversos segmentos. O que há 19 anos representava 19%, atualmente a margem histórica atingiu mais de 50% de compras locais, de acordo com a REDES – Inovação e Sustentabilidade Econômica, iniciativa do Sistema FIEPA.

Em outubro passado, a Hydro certificou 21 fornecedores paraenses no encerramento da 1ª edição do seu Programa de Desenvolvimento de Fornecedores, realizado em Barcarena/PA, em parceria com a REDES. Foram mais de 130 horas-aula, aproximadamente 200 pessoas diretamente alcançadas e 200 ações de melhorias e investimentos dos fornecedores. A 2ª edição do Programa está em fase de planejamento e será executada em Paragominas/PA, em 2020. A Hydro tem investido continuamente para estimular o desenvolvimento socioeconômico do Pará. Em 2018, por exemplo, o consumo da empresa em bens e serviços alcançou R$ 3 bilhões no Estado.

João Bosco Pacheco, gestor de Qualidade da Plena Serviços, foi um dos participantes do Programa. Premiado na categoria Participação e Engajamento nas Atividades, o fornecedor possui 323 funcionários e cerca de dez participaram dos módulos. “Eu pude compreender melhor como evidenciar resultados, produzir relatórios e acompanhar a evolução e implantação dos planos de ação da empresa. O nosso objetivo é oferecer sempre soluções e serviços de logística dentro do Estado do Pará, em carregamento e movimentação de matéria-prima e insumos”, afirma. A Plena Serviços atende a Hydro desde 1998, especificamente a Albras e a Alunorte.

Para Marcel Souza, executivo de Gestão da REDES, avaliar continuamente a produtividade, corrigindo erros para evoluir na oferta aos clientes, é o que garante grande parte dos contratos entre indústrias e fornecedores paraenses. “A capacitação é uma estratégia muito importante para que um fornecedor consiga se manter no mercado. Se observarmos as plantas da Albras e da Alunorte, há fornecedores atuando desde a implantação desses empreendimentos. Percebemos que o trabalho de disseminar conhecimento permite prolongarmos a vida útil de muitos fornecedores, como vemos nos casos dos parceiros da Hydro”, observa.

De acordo com estudo divulgado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), em agosto de 2019, a indústria cresceu 0,8% em relação ao mês anterior. O Pará foi o segundo estado com o maior avanço: 6,8%. Foi o quarto resultado positivo consecutivo.

Marcel Souza ressalta que, diante do cenário de expansão da indústria no Estado, o desafio é aumentar 1% dos 50% de compras no Pará, ano a ano. “Para isso, os processos das indústrias devem ser rápidos e simples para que os fornecedores consigam participar das concorrências. E, do outro lado, eles precisam cada vez mais se preparar aos novos negócios. Sabemos que a capacitação é um movimento constante: se o ‘copo encheu’ com a certificação da Hydro, agora devem esvaziá-lo e buscar novos conhecimentos”, salienta.

Capacitação – O Programa de Desenvolvimento de Fornecedores da Hydro foi realizado em três módulos, ministrados no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) de Barcarena. As disciplinas variaram de gestão pessoal de carreira, gestão financeira e organizacional, ética e compliance, aspectos trabalhistas e tributários, a marketing e vendas, proposta para indústria, precificação, prospecção comercial e faturamento. Destacam-se ainda disciplinas como HSE (Saúde, Segurança e Meio Ambiente), responsabilidade social corporativa, liderança e motivação.

O vice-presidente executivo de Bauxita & Alumina da Hydro, John Thuestad, destacou que a iniciativa representa mais que um simples investimento nos fornecedores. “O Programa apoia o desenvolvimento da cadeia de fornecimento em Barcarena. Dessa forma, contribuímos para o desenvolvimento econômico local onde operamos. Acreditamos que fornecedores mais qualificados desenvolvem novos negócios e, consequentemente, geram mais riquezas e empregos no Pará”, afirma.

 

Contatos

Elena Brito Pantoja

Elena Brito Pantoja

Communication and Public Affairs Senior Manager