Skip to content

Hydro Alunorte inicia limpeza e avaliação nas instalações da futura Escola Técnica de Barcarena

A Alunorte iniciou em novembro as atividades de limpeza do terreno e das edificações da futura Escola de Trabalho e Produção do Pará – ETPP em Barcarena. O projeto é parte do Termo de Compromisso assinado pela Hydro e Alunorte com o Governo do Estado do Pará, em 2018. As atividades preliminares, acontecerão até dezembro. As obras de reforma deverão ser iniciadas no primeiro trimestre de 2021.

Profissional avaliando a estrutura predial da Escola, em Barcarena.
A limpeza é a primeira de uma série de atividades preparatórias para a obra da escola.

O Projeto da Escola de Trabalho e Produção do Pará visa fortalecer a formação técnico profissional no município de Barcarena e está alinhada à estratégia de Responsabilidade Social Corporativa da Hydro, que é orientada pelos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas (ONU). A Hydro segue empenhada em contribuir de forma relevante para o desenvolvimento sustentável das comunidades nos quais está inserida. A educação e a qualificação dos profissionais locais são importantes pilares para esse desenvolvimento. 

A limpeza é a primeira de uma série de atividades preparatórias para a obra da escola. Esta etapa é importante porque possibilita o acesso seguro ao local e condições adequadas de trabalho para as equipes. Concluída esta fase, a próxima etapa será a avaliação técnica e estrutural das edificações existentes, onde uma empresa de engenharia especializada apontará as condições atuais das estruturas. O resultado desta análise vai nortear a equipe do projeto de construção sobre quais intervenções serão necessárias para concluir a escola e são fundamentais para a elaboração de um cronograma da obra. 

Na fase da execução a obra deverá custar até R$ 25 milhões. O projeto deve gerar cerca de 250 vagas de emprego temporário durante a construção, priorizando a contratação de fornecedores e mão de obra locais. Após a finalização, o prédio será doado ao Governo do Pará, que será o responsável pelos equipamentos, mobiliário, bem como pela gestão, operação e manutenção da Escola de Trabalho e Produção de Barcarena.

Recommended for you