Skip to content

Hydro patrocina Coro Carlos Gomes no Pará

Empresa é a primeira do setor privado a patrocinar o Coro, garantindo a promoção de concertos e oficinas de musicalização no interior do estado.

Coral_1036x550.jpg
O grupo musical tem como principal objetivo fomentar a música coral erudita, regional e popular no Estado.

A Hydro firmou parceria com o Coro Carlos Gomes, que completará 25 anos de atividades, em junho deste ano. Esta é a primeira vez que o setor privado patrocina o Coro Carlos Gomes, o que vai permitir a ampliação de suas atividades para municípios paraenses onde a Hydro atua, como Barcarena e Paragominas.

“Temos buscado ser cada vez mais presentes nas localidades onde a Hydro atua. E, por meio de patrocínios culturais, pretendemos promover um impacto positivo nesses municípios. Sabemos que a música é um importante instrumento de desenvolvimento e, por isso, temos a enorme satisfação em apoiar esse renomado grupo musical paraense”, afirma Alessandra Fonseca, diretora de Comunicação da Hydro.

“A parceria com a Hydro está sendo muito importante para o Coro, porque nos proporciona a oportunidade de nos apresentarmos no interior do estado. Será muito bom poder difundir o nosso trabalho em cidades que ainda não estivemos. Poucas vezes conseguimos fazer concertos nestes locais por falta de verba”, comenta Maria Antônia Jimenez, maestrina do Coro Carlos Gomes. Ela ressalta ainda que o Pará possui pessoas muito talentosas, que ainda não conseguem desenvolver as suas habilidades musicais.

Esse patrocínio representa um marco na estratégia de comunicação da Hydro. Além do Coro, a Hydro também patrocina a Camerata Laranjeiras, orquestra com atuação no Rio de Janeiro que integra jovens de diferentes contextos sociais através da música.

Fomento à cultura – O grupo musical tem como principal objetivo fomentar a música coral erudita, regional e popular no Estado. Para isso, executa diversas atividades na área da música, contemplando os aspirantes à profissão das artes musicais e oriundos dos cursos de formação proporcionados pelo instituto. Composto por 18 membros, entre alunos e ex-alunos do Conservatório Carlos Gomes, ao longo de quase 25 anos de atividade, o Coro obteve reconhecimento nacional e internacional.

O portfólio artístico do grupo é composto de três discos próprios e participações em várias gravações de artistas paraenses. Os discos já gravados são: O “Belo”, “O Cantochão dos Mercedários do Grão-Pará” e “Cantares”. Em 2010, surpreendeu o público com a estreia mundial e registro fonográfico da Obra “Missa Amazônica em Homenagem à Virgem de Nazaré”. Seu repertório é eclético, abrangendo todos os estilos da música coral erudita, tanto à capela quanto sinfônico coral, e interpretando música popular, folclórica e contemporânea.

O Coro é regido pela maestrina Maria Antonia Jimenez, natural de Santiago, em Cuba. Ela é formada em regência coral no Conservatório Estatal de São Petersburgo “Rimsky Kórsakov”, na Rússia, onde concluiu o mestrado.