Skip to content

Nova Estação de Tratamento de Efluentes entra em operação na Alunorte

Projeto de cerca de R$ 670 milhões prepara a unidade para futuras mudanças climáticas

Water treatment facility at Alunorte

Após receber a Licença de Operação, emitida pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), no dia 24 de janeiro, a Alunorte iniciou o funcionamento da nova unidade de Estação de Tratamento de Efluentes Industriais (ETEI), obra que integra o projeto de modernização do sistema de gestão de efluentes da refinaria.

A empresa investiu cerca de R$ 670 milhões nesse projeto, que também passa a contar com novas bacias de estocagem de águas residuais e pluviais, novas tubulações de aço carbono e repotenciamento de bombas para drenagem do material até as estações de tratamento. Com a conclusão do projeto, a empresa tem capacidade de tratar 14.500 metros cúbicos de água por hora. O sistema passa a operar com 23 novas bombas, alcançando uma capacidade de transferência de 33.000 metros cúbicos por hora, o equivalente a 33 mil caixas d’água.

O objetivo das obras foi preparar a Alunorte para mudanças climáticas severas no futuro, garantindo o tratamento e o armazenamento de água. “Esse investimento está em sintonia com o objetivo da companhia de tornar a Alunorte uma referência mundial em eficiência, segurança e qualidade para o setor de alumínio”, afirma Carlos Neves, diretor de Operações de Bauxita & Alumina da Hydro.

Todas as melhorias implantadas foram inspecionadas pelos órgãos ambientais. Do ponto de vista socioeconômico, o investimento também resultou em vagas de emprego: 1.600 trabalhadores foram contratados no pico das obras, sendo 95% deles oriundos da região de Barcarena. E, para operar a nova ETEI, foram contratados 32 novos empregados fixos.

Water treatment facility at Alunorte

Juntamente a ETEI, a construção das duas novas bacias de contenção, realizada em 2019, aumentou a capacidade de contenção de água recebida das drenagens da área operacional. As duas bacias têm capacidade de conter 274 mil metros cúbicos, o equivalente a 110 piscinas olímpicas.

Portas abertas – Além das melhorias operacionais, a Alunorte tem intensificado o relacionamento com as comunidades de Barcarena. Apenas o seu Programa de Visitas recebeu cerca de 1.500 pessoas nos últimos dois anos. Elas conheceram as operações da refinaria e viram in loco seus sistemas produtivos e controles ambientais.

Atualmente, a Companhia mantém 11 programas sociais que beneficiam cerca de 15.000 pessoas no Estado do Pará, por meio de iniciativas de educação e capacitação como base para o desenvolvimento sustentável, além de 7.600 pessoas que são beneficiadas por programas de fomento ao crescimento econômico, baseado no empreendedorismo e na agricultura familiar.

A Hydro também assumiu o compromisso de investir R$ 100 milhões de reais para a construção de uma Barcarena Sustentável. A IBS - Iniciativa Barcarena Sustentável consiste numa plataforma independente para promover e acelerar uma mudança social positiva no município.

Contatos

Elena Brito Pantoja

Elena Brito Pantoja

Communication and Public Affairs Senior Manager

halvor molland

Halvor Molland

Senior vice president, Media Relations

Stian Hasle

Stian Hasle

Head of Investor Relations