Skip to content

Primeiro trimestre de 2020: Melhores resultados com custos mais baixos em mercado carregado de incertezas

O EBIT (lucros antes de juros e impostos) ajustado da Hydro para o primeiro trimestre de 2020 foi de NOK 2,247 bilhões, em comparação com NOK 559 milhões do mesmo trimestre no ano passado. A retomada bem-sucedida da produção na refinaria Alunorte, a redução dos custos e os efeitos cambiais positivos contribuíram para os resultados do primeiro trimestre. Esse elementos positivos foram, porém, parcialmente afetados pela baixa nos preços da alumina e do alumínio e também pela situação da COVID-19, que traz grandes incertezas para o mercado. No entanto, o impacto financeiro que o vírus causou nas operações no primeiro trimestre foi limitado, tendo sido a área de negócios Soluções em Extrudados a mais afetada.

Primary metal Karmøy
  • Cortes e lay off temporários
  • Adiamento da retomadada fábrica de alumínio Husnes, na Noruega
  • Corte de custos e disciplina de custos em toda a companhia
  • Congelamento de 25% do restante de despesas de capex para 2020
  • Decisão da diretoria de alterar a proposta de dividendo de NOK 1,25 por ação e, em vez disso, propor que a diretoria seja autorizada a decidir a distribuição de dividendos em algum momento posterior, quando as condições forem favoráveis.

O EBIT ajustado da área de negócios Bauxita & Alumina foi mais elevado, se comparado ao primeiro trimestre do ano passado, passando de NOK 153 milhões, no primeiro trimestre de 2019, a NOK 535 milhões no mesmo trimestre em 2020. Os resultados foram impulsionados pelo efeito positivo do aumento de produção após a revogação do embargo de produção em 20 de maio de 2019, pelos custos mais baixos da matéria-prima e pelos efeitos cambiais favoráveis, os quais foram parcialmente afetados pelo menor preço de venda da alumina.

O EBIT ajustado da área de negócios Metal Primário apresentou melhora, e passou de NOK 771 milhões negativos no primeiro trimestre de 2019 para NOK 573 milhões positivos no primeiro trimestre deste ano. Esta melhora se dá graças à queda de custos da matéria-prima e aos efeitos cambiais positivos, melhoras estas que foram parcialmente impactadas pelo preço mais baixo do metal all-in.

Também na Mercados de Metal, o EBIT ajustado teve alta, avançando de NOK 190 milhões no primeiro trimestre do ano passado para NOK 261 milhões no primeiro trimestre de 2020. A alta se deve aos efeitos cambiais positivos, que foram, em parte, afetados pelos baixos resultados das refusoras e das atividades de comércio e aprovisionamento.

O EBIT ajustado da área de negócios Produtos Laminados foi de NOK 299 milhões neste primeiro trimestre do ano, em comparação aos NOK 138 milhões do mesmo trimestre no ano passado. O resultado das plantas de laminados foi estável, dado que a baixa do volume de vendas e das margens, e a depreciação mais alta foram parcialmente remediados pela queda dos custos. A refusora Neuss também se beneficiou do preço mais baixo das matérias-primas.

Na área de negócios Soluções em Extrudados, o EBIT ajustado aumentou, em comparação com o EBIT ajustado do mesmo trimestre no ano passado, subindo de NOK 593 milhões para NOK 702 milhões em 2020. A situação daCOVID-19, que reduziu o volume de vendas e causou o fechamento temporário de fábricas no final do trimestre, teve efeito negativo similar ao ataque cibernético no primeiro trimestre de 2019. Os resultados foram, porém, impactados positivamente pelo pagamento de NOK 113 milhões de seguro pelo ataque cibernético em 2019. O efeito negativo dos mercados em declínio foi, em parte, compensado pela redução de custos, margens mais altas e efeitos cambiais favoráveis.

O EBIT ajustado da área de negócios Energia teve queda no período, em relação ao mesmo trimestre no ano passado, apresentando queda de NOK 517 milhões no primeiro trimestre de 2019 para NOK 437 milhões no mesmo período em 2020. A queda foi motivada principalmente pela redução significativa dos preços, os quais foram parcialmente compensados pela alta de produção e fortes resultados comerciais.

A posição de dívida líquida da Hydro passou de NOK 11,8 bilhões para NOK 15,2 bilhões no final do trimestre. O caixa líquido utilizado para atividades operacionais totalizou NOK 1,4 bilhão, e o caixa líquido para atividades de investimento, excluindo os investimentos em curto prazo, perfez NOK 1,3 bilhão.

No final do trimestre, a Hydro mantinha NOK 12,2 bilhões em caixa ou equivalente a valores em caixa, e NOK 0,8 bilhão em depósitos de curto prazo, classificados como investimentos de curto prazo. O mecanismo de crédito rotativo, de USD 1,6 bilhão, estava totalmente à disposição no final do trimestre.

O EBIT reportado da Hydro somou NOK 2,301 bilhões no primeiro trimestre de 2020, em comparação com os NOK 20 milhões do mesmo trimestre em 2019.

Além dos fatores acima descritos, o EBIT reportado e a receita líquida incluem efeitos descritos no relatório trimestral anexo. Os itens excluídos do EBIT ajustado e da receita (ou perda) ajustada estão definidos e descritos no relatório como parte da seção de avaliações alternativas de desempenho (APM).

Contatos

Stian Hasle

Stian Hasle

Investor Relations

halvor molland

Halvor Molland

Senior vice president, Media Relations