Skip to content

Albras recebe certificação internacional de desempenho e cadeia de custódia

O certificado emitido pela ASI confirma os padrões de qualidade e produção sustentável da empresa.

Foto aérea Albras_1036x440.jpg
A Albras é a maior produtora de alumínio primário do Brasil, com capacidade nominal de 460 mil toneladas ao ano.

A Albras acaba de conquistar a certificação internacional Aluminium Stewardship Initiative (ASI) nos padrões de Desempenho e de Cadeia de Custódia. É a primeira vez que a empresa recebe esta certificação, que representa a confirmação de que o alumínio da Albras possui altos padrões de qualidade, além de ser produzido de forma responsável e sustentável. A capacidade de produção anual da empresa é de 460 mil toneladas. No Pará, a Hydro também tem a certificação ASI das operações de bauxita da Mineração Paragominas e de refino da alumina na Alunorte.

“A certificação ASI é fruto de um extenso trabalho de melhorias desenvolvidas ao longo dos últimos anos e consolida a Albras em uma importante posição internacional. Somos uma empresa que prioriza as pessoas, tem processos padronizados e possui o controle de toda sua cadeia produtiva, com foco em sustentabilidade”, afirma João Batista Menezes, presidente da Albras.

A análise para a certificação da Albras pelo Padrão de Desempenho verificou 59 princípios e critérios ambientais, sociais e de governança. Entre os altos padrões, estão aqueles relacionados à transparência, meio ambiente, questões sociais, saúde, segurança, direitos trabalhistas, entre outros. Já o padrão da Cadeia de Custódia define os elementos gerais dos sistemas de gerenciamento que a empresa precisa para efetivamente implementar a norma de Cadeia de Custódia e a Gestão de Contratados, como deve ser feita a qualificação dos insumos. E também traz aspectos de contabilidade, documentações e reivindicações.

Confira a publicação da certificação da Albras no site da ASI.

Certificadora - A ASI é uma organização global de definição de padrões e certificação sem fins lucrativos, com múltiplas partes interessadas, que trabalha em direção à produção responsável, fornecimento e administração de alumínio, seguindo uma abordagem inteira da cadeia de valor. As normas da ASI se aplicam a toda a cadeia de fornecimento, desde a mineração até os setores que usam o alumínio em seus produtos. A ASI lançou seu Padrão de Desempenho e Padrão da Cadeia de Custódia em dezembro de 2017.

Os mais de 160 membros da ASI incluem organizações líderes da sociedade civil, empresas com atividades em mineração de bauxita, refino de alumina, fundição de alumínio, semifabricação, fabricação de produtos e componentes, bens de consumo e comerciais, incluindo a indústria automotiva, construção e embalagens, assim como associações da indústria e outros apoiadores.

Contatos

Elena Brito Pantoja

Elena Brito Pantoja

Gerente Sênior de Comunicação

Recommended for you