Skip to content

Hydro e UFPA pesquisam diferentes aplicações para o rejeito da bauxita da Mineração Paragominas

Projeto assinado com a Universidade terá duração de três anos e visa o estudo da produção de telhas, tijolos, plástico biodegradável, cimento de baixo carbono e materiais refratários

270521_Disposicão de Rejeito em Cava_site hydro.jpg
UFPA irá pesquisar reaproveitamento do rejeito da Mineração Paragominas

A Hydro anuncia nesta quinta-feira, 27, mais uma parceria com a Universidade Federal do Pará (UFPA) para pesquisas relacionadas ao reaproveitamento do rejeito da bauxita. Este é o primeiro projeto de pesquisa assinado com a Mineração Paragominas e o terceiro com a instituição de ensino. Nesta nova parceria, será estudada a viabilidade do uso do rejeito do minério da mina de bauxita da Hydro, para a produção de telhas, tijolos, materiais refratários, cimento de baixo carbono e até um plástico biodegradável. O rejeito a ser estudado na pesquisa é resultado do beneficiamento da bauxita, ou seja, ele é apenas argila, sem qualquer aditivo químico.

A pesquisa terá duração de três anos e contará com investimento de cerca de R$ 500 mil da Hydro. “Este amplo leque de aplicações nos ajudará a aproveitar ao máximo o potencial do rejeito da bauxita e seguir na direção de uma operação cada vez mais sustentável com retornos positivos para a sociedade. Essa pesquisa está alinhada com os valores da Hydro de tornar nossas operações cada vez mais verdes com foco na sustentabilidade”, afirma Evilmar Fonseca, diretor industrial da Mineração Paragominas.

“As pesquisas contribuem para um futuro mais sustentável, reduzindo os impactos com as mudanças climáticas. Para atingir esse objetivo, temos uma grande equipe atuando no projeto, liderado pela UFPA. São 25 pessoas envolvidas que se dividem entre profissionais da própria universidade, da Hydro, da Universidade Federal de Oeste do Pará (UFOPA), do Instituto de Tecnologia do Pará (ITEC) e da Universidade de Halle-Wittenberg, na Alemanha”, afirma o professor Marcondes Lima da Costa, titular da Faculdade de Geologia da UFPA.

Com a UFPA, uma das pesquisas é a produção de cerâmica vermelha (tijolos e telhas) em baixa temperatura, resultando em um produto com menor custo e com uso em larga escala dos materiais da atividade mineral em bauxita. Outra linha de estudos é referente ao uso na produção de cimento de baixa emissão de CO2, mais sustentável do que o convencional para o uso.

A pesquisa irá estudar também a possibilidade da produção de biocompositos  que são ambientalmente sustentáveis a partir do rejeito da bauxita e da mandioca. Ou seja, a produção de plástico biodegradáveis a partir de dois produtos em abundância no Pará. A quarta linha da pesquisa envolve o desenvolvimento de materiais refratários de alta qualidade para uso, por exemplo, na indústria aeroespacial. São produtos que se espera que sejam mais econômicos, com menor consumo de energia, e menor impacto ambiental.

Diversificando materiais para um futuro mais sustentável

O uso de resíduos e de rejeitos para a produção de novos materiais traz uma série de benefícios. Além de contribuir para a preservação do meio ambiente, iniciativas como esta podem melhorar as condições sociais, educacionais e promover riquezas e novos conhecimentos científicos e tecnológicos.

O investimento em pesquisas com esse viés faz parte da estratégia de sustentabilidade da Hydro. Em 2020, a companhia anunciou duas pesquisas que já estão em andamento, sendo a produção de cimento e de agregado sintético, ambas com o resíduo oriundo do refino da bauxita, o qual é gerado na Alunorte, que fica em Barcarena. 

Os três projetos integram o convênio de cooperação técnica e científica entre a Hydro e a Universidade, iniciado em 2019, para a realização de diversas linhas de pesquisa, que possibilitem consolidar o desenvolvimento do Estado do Pará.

Hydro – A empresa de energia e alumínio

Hydro é uma líder industrial que cria negócios e parcerias para um futuro mais sustentável. Desenvolvemos indústrias importantes para as pessoas e para a sociedade. Desde 1905, a Hydro transforma recursos naturais em produtos valiosos para pessoas e negócios, criando um local de trabalho seguro e protegido para nossos 34.000 empregados, em mais de 140 unidades, em 40 países. Hoje, possuímos e operamos vários negócios, além de termos investimentos com base em indústrias sustentáveis. A Hydro, por meio de seus negócios, está presente em uma ampla gama de segmentos do mercado de alumínio, energia, reciclagem de metais, energias renováveis e baterias, oferecendo conhecimentos e competências únicos.  A Hydro está compromissada em liderar o setor para um futuro mais sustentável, criando sociedades mais viáveis ao desenvolver recursos naturais em produtos e soluções de maneiras inovadoras e eficientes.

In Press Porter Novelli

External Press Officer

Recommended for you