Skip to content

Minera Startup anuncia as dez selecionadas para a fase de “pitch” da iniciativa

Empreendedores avançam no processo seletivo e estão mais próximos de realizar a prova de conceito

Logo Minera Startup.JPG

O Minera Startup, programa de relacionamento da Hydro com startups do Pará, anuncia nesta sexta-feira (19) as 10 startups selecionadas para apresentar seus projetos por meio de “pitches” a representantes de diferentes setores da companhia, no dia 23 de fevereiro. Após uma análise criteriosa feita por profissionais da Hydro e da Açai Valley (Associação Paraense de Tecnologia & Inovação), foram escolhidas as organizações: Easy Gestor, Educaflix, Inteceleri Tecnologia, Ludus Studio, Machlab, Navtech Solutions, Neo Road, Pimpos Health, Ver-o-Fruto e Vigha. 

O critério para a seleção das startups levou em conta, entre outros aspectos, o potencial para se tornar fornecedor de soluções digitais para empresas do Pará. Foram escolhidas iniciativas dos segmentos de Educação, Transformação Digital, Saúde, Gestão, Biotech e Transporte. 

A segunda edição do programa contou com 25 startups inscritas, mais do que o triplo de inscrições comparando com a do ano anterior. “Nosso objetivo é contribuir para fomentar a inovação no Pará por meio da consolidação de startups como fornecedoras de soluções digitais, ampliando o acesso ao mercado local e nacional”, afirma Leôncio Rodrigues, gerente de Soluções Digitais da Hydro. 

Confira abaixo mais informações sobre as startups selecionadas:

Easy Gestor (https://easygestor.com/) 

A startup atua na educação empreendedora. Ela desenvolve materiais que ensinam as pequenas empresas a realizar pequenos processos (como emitir nota fiscal, como abrir uma empresa, gestão de estoque, entre outros). A ideia da startup é aproximar pequenas empresas a novas tecnologias e a grandes empresas. 

Educaflix (http://enem.webeducaflix.com/#home)

O Educaflix é uma plataforma de ensino e aprendizado on-line. Professores e instrutores podem criar um número ilimitado de cursos, com videoaulas, documentos e qualquer material educacional. 

Inteceleri (https://www.inteceleri.com.br/)

A startup atua na criação de soluções inovadoras que contribuem com aumento dos índices educacionais básicos do Brasil. Fundada no estado do Pará, a Inteceleri já implantou projetos nas regiões Norte e Nordeste, e avança sua expansão rumo as regiões Sudeste, Sul e Centro Oeste. A Inteceleri é formadora oficial de professores na implantação da plataforma Google for Education e atendeu cerca de 6 mil professores.

Ludus Studio (ludustio.com) 

A Ludus Studio é uma empresa de Tecnologia Interativa, localizada em Belém do Pará, que atua em Transformação Digital. Seu foco é expandir o potencial de produtos e serviços em empresas de diversos segmentos do mercado através do mundo virtual. A startup atua com Realidade Virtual, Realidade Aumentada, simulações interativas, maquetes 3D e virtuais. Seu objetivo é transformar o potencial criativo de produtos e serviços para solucionar problemas, validação de projetos e impulsionar vendas.

Machlab (www.machlab.com.br

A startup atua no segmento de Transformação Digital por meio da solução de problemas de negócio por meio da ciência de dados. A Machlab oferece soluções em engenharia e análise de dados com machine learning. O resultado: a startup constrói soluções analíticas com capacidade de gerar valor para as empresas. A startup quer se estabelecer no mercado regional da Amazônia como uma empresa de tecnologia em soluções em ciência de dados.

Navtech Solutions (https://appuba.com.br/)

A Navtech é uma empresa com o objetivo de desenvolver tecnologias que tornam o transporte na Amazônia mais eficiente, trazendo inovação aos processos e aplicando tecnologias nessa área. A startup deseja modificar a visão da sociedade e das empresas amazônicas sobre esse tipo de transporte. Um dos seus produtos é o app Ubá, que facilita a vida de pessoas que precisam viajar de barco, com horários, compras de passagem online e escolha de origem e destino.

Neo Road

Esta é uma plataforma de aprendizado ágil e medição assertiva de competências. Na plataforma é possível analisar o perfil de cada colaborador, culturalmente a empresa e estabelecer comparativos entre as competências atuais e desejadas para a empresa alcançar seus objetivos. Por meio dela também é possível criar treinamentos personalizados com foco nas habilidades necessárias, desenvolvendo o colaborador. 

Pimpos Health (https://www.pimposhealth.com/) 

A startup criou uma plataforma de monitoramento integrado de Saúde Infantil que conecta pais a profissionais e serviços de saúde. Ela fornece ferramentas tecnológicas e informações que apoiem os pais e profissionais a cuidarem de forma preventiva da saúde das crianças.

Ver-o-Fruto

A startup tem como objetivo o uso da tecnologia como ferramenta na aplicação de melhores práticas de gestão ambiental, impactando positivamente a sociedade. Um dos produtos da empresa é um sistema de tratamento de água filtro gravitacional feito com carvão ativado e caroços de frutas da Amazônia.

Vigha (https://www.vighapp.com/)

O Vigha é uma plataforma criada para a gestão de obras.  De acordo com a startup, esta é uma solução simples, intuitiva e assertiva que facilita o trabalho dos envolvidos. Por meio da plataforma, o responsável tem total controle sobre a obra.

Sobre o Minera Startup

Clique aqui para ver o edital

Clique aqui para a retificação do edital

Processo seletivo - a etapa inicial do Minera Startup é um processo seletivo, onde são avaliados uma série de requisitos como ter uma equipe formada por no mínimo dois integrantes com idade igual ou superior a 18 anos e ter soluções preferencialmente voltadas para Realidade Aumentada, Digital Office, Internet das Coisas (IoT) aplicada no ambiente industrial, entre outras.

Programa estruturado voltado às soluções para o negócio – o Minera Startup é uma colaboração entre Hydro, Açaí Valley e startups. O programa possui sete etapas de integração, e ao final, as startups que apresentarem soluções que atendam ao escopo definido podem fechar um contrato com a Hydro. As etapas são:

Realização do “pitch”, onde as startups apresentam suas propostas de soluções e modelos de negócios para várias áreas e profissionais da Hydro;

Divulgação das startups selecionadas para avançar na discussão de possíveis provas de conceitos com as áreas da Hydro que demonstraram interesse;

Apresentação, para as startups selecionadas, dos desafios existentes em cada área interessada, e discussão de um possível escopo para realização da prova de conceito;

Definição do escopo da prova de conceito entre startup e área interna da Hydro;

Entrega da proposta técnica e comercial para a realização da prova de conceito;

Avaliação dos pré-requisitos de fornecedores da Hydro e processo de contratação para a startup executar a prova de conceito;

Execução da prova de conceito na Hydro conforme escopo definido.

Sobre a Hydro – A empresa de energia e alumínio

Hydro é uma líder industrial que cria negócios e parcerias para um futuro mais sustentável. Desenvolvemos indústrias importantes para as pessoas e para a sociedade.

Desde 1905, a Hydro transforma recursos naturais em produtos valiosos para pessoas e negócios, criando um local de trabalho seguro e protegido para nossos 34.000 empregados, em mais de 140 unidades, em 40 países.

Hoje, possuímos e operamos vários negócios, além de termos investimentos com base em indústrias sustentáveis. A Hydro, por meio de seus negócios, está presente em uma ampla gama de segmentos do mercado de alumínio, energia, reciclagem de metais, energias renováveis e baterias, oferecendo conhecimentos e competências únicos. 

A Hydro está compromissada em liderar o setor para um futuro mais sustentável, criando sociedades mais viáveis ao desenvolver recursos naturais em produtos e soluções de maneiras inovadoras e eficientes.

Sobre a Açaí Valley

Açaí Valley é a Associação Paraense de Tecnologia e Inovação, atuante desde 2019. A associação busca fomentar o empreendedorismo, tecnologia e inovação no Estado, com o objetivo de fortalecer e desenvolver o ecossistema e todos os stakeholders que fazem parte dele bem como startups, investidores, aceleradoras, incubadoras, pesquisadores, instituições de ensino, governo e etc. Dentre as ações da Açaí Valley, estão eventos mensais, lives, meetups, happy hours, pitch days e hackathons e o evento Startup Weekend de Belém, que deu origem à comunidade. O Pará é responsável por 24% das startups da região Norte do Brasil, atrás somente do Estado de Amazonas (29%), segundo a Associação Brasileira de Startups (Abstartups). A capital, Belém, possui mais de 40 startups mapeadas, além de duas incubadoras e três aceleradoras. Os segmentos mais comuns das startups da região são comunicação e mídia (8,3%), saúde e bem-estar (6,2%) e internet (6,2%). A maior parte dos negócios estão em fase de operação. 

Recommended for you