Skip to content

Projetos selecionados pelo Fundo de Sustentabilidade Hydro iniciam suas atividades em Barcarena

Até 2022, várias capacitações e atividades para melhoria da geração de renda e qualidade de vida serão desenvolvidas pelos projetos no município

130921_Projeto FSH.jpg
Projetos seguem todas as orientações e restrições impostas pela pandemia da Covid-19

Os projetos selecionados no edital do Fundo de Sustentabilidade Hydro (FSH) já iniciaram as suas atividades em Barcarena, seguindo todas as orientações e restrições impostas pela pandemia da Covid-19 para segurança dos participantes. O edital contemplou três linhas de financiamento de projetos: promoção de trabalho, emprego e renda e meio ambiente; fortalecimento institucional de associações e organizações sociais; e eventos esportivos ou culturais. As atividades têm duração de três meses a um ano, dependendo da proposta apresentada no processo de seleção.

Um dos projetos é o Ambulante Caripi, desenvolvido pela Talento RH, que pretende qualificar e apoiar esses trabalhadores da praia mais importante de Barcarena, com potencial turístico para a região. O projeto proporciona oportunidade de organização e padronização do comércio na praia, gerando uma visão empreendedora, associativa e sustentável aos ambulantes. As atividades foram iniciadas em julho com uma pesquisa sobre a percepção dos frequentadores em relação ao atendimento e aos produtos oferecidos pelos ambulantes, além de um levantamento dos trabalhadores cadastrados pela Prefeitura de Barcarena. Já as oficinas de capacitação começaram em agosto e devem envolver até 100 trabalhadores.

“Na rede do programa Todos pelo Trabalho, percebemos que houve investimento em infraestrutura na praia pelo poder público, mas que ainda precisava de investimento para os trabalhadores. Queremos que o Caripi seja um destino turístico mais interessante. Então, pensamos que se conseguíssemos captar recursos e mostrar o caminho melhor a eles, seria uma oportunidade de resgatar a dignidade e melhorar a renda dos ambulantes”, conta Daiane Costa, proprietária da Talento RH/Microlins. O projeto também conta com a parceria da Prefeitura de Barcarena, por meio das secretarias de comércio, turismo, emprego e renda, infraestrutura e desenvolvimento urbano, além da Associação dos Comerciantes e Moradores da Praia do Caripi.

Nas aulas, eles estão se atualizando sobre atendimento ao cliente, técnicas de vendas, manipulação e qualidade de produtos, cursos de línguas (inglês básico para turismo receptivo), marketing pessoal, higiene básica, noções básicas de plano de negócios, entre outros temas. Também está prevista a pré-incubação de 20 ambulantes para aperfeiçoamento dos modelos para futuros empreendimentos.

Conseguir se comunicar com os turistas estrangeiros é um dos objetivos do ambulante Elson de Almeida Ferreira, 54 anos. Ele vende bombons regionais há 20 anos na praia do Caripi. Pensando no futuro, e nas limitações da idade para caminhar na areia, ele está entusiasmado com as aulas do projeto. “Além de aprender o inglês, estou interessado nos conhecimentos sobre empreendedorismo, porque só sabemos ser vendedor na prática, mas a atividade vai além. É uma oportunidade de organizar as finanças e planejar os gastos, porque sou compulsivo em comprar o que não é útil. Sou microempreendedor, já tenho um registro no MEI, e quero ampliar a produção de bombons, que atualmente é feita em casa pela minha esposa e mais duas pessoas. A minha ideia é adquirir máquinas para agilizar a produção. Então, preciso colocar a cabeça para funcionar e colocar os bombons em consignação nos pontos da cidade, como hotéis, lanchonetes e mercados”, planeja.

Esporte e cidadania - Dentre os selecionados pelo edital, também está o projeto Crê-Sporte Eventos, realizado pela Associação dos Moradores e Produtores Rurais de Bela Vista do Carmelo (Aprovic), da Ilha de Trambioca. Com duração de quatro meses, atende crianças e adolescentes, entre 07 a 17 anos de ambos os sexos, por meio de atividades esportivas e palestras sobre conceitos de cidadania e responsabilidade social. “Uma das preocupações das lideranças da nossa comunidade é manter esse público ocupado e mostrar que para viver bem no futuro é importante fazer uma atividade física. Atualmente, cerca de 80 crianças e adolescentes participam das ações. O futebol de campo já era uma modalidade frequente na comunidade e o nosso objetivo é fortalecê-la”, conta Amarildo Lima dos Santos, presidente da Aprovic.

O projeto também foi iniciado em julho deste ano. Com o apoio do Fundo de Sustentabilidade Hydro, foi possível a aquisição de materiais esportivos, como bola, rede, apito, cartão, cones, colete para organizar os jogos, além da alimentação durante as partidas. “A partir dessa parceria, conseguimos estimular ainda mais a participação dos jovens e retê-los nas atividades. E os responsáveis veem que estamos preocupados com as questões físicas e emocionais dos seus filhos. Em paralelo, realizamos ações socioeducativas, como palestras sobre o uso de drogas, a prostituição e a pedofilia, ministradas por uma pedagoga contratada com o recurso disponibilizado pelo Fundo. O nosso objetivo é educá-los a identificarem e se protegerem”, acrescenta Amarildo.

Seleção dos projetos - A escolha dos oito projetos do edital foi feita por um Comitê de Avaliação de Projetos, formado por representantes do FSH, das empresas financiadoras e da sociedade civil local, definidos pelos grupos de trabalho da Iniciativa Barcarena Sustentável (IBS). Na análise, foram verificados critérios de viabilidade técnica, econômica, ambiental e relevância social. O primeiro edital garante um investimento total no valor de R$ 730 mil.

“O Fundo de Sustentabilidade Hydro está concentrado em construir uma forma de planejamento compartilhado com a sociedade. O nosso objetivo é que, a cada edital, mais organizações apresentem projetos que contribuam para a melhoria da qualidade de vida na região de Barcarena. No primeiro edital, foram aprovados oito projetos de mais de 50 inscritos com ações de promoção do trabalho, geração de renda, fortalecimento de entidades e eventos em Barcarena”, afirma Eduardo Figueiredo, diretor-executivo do Fundo de Sustentabilidade Hydro.

Sobre o Fundo de Sustentabilidade Hydro - Organização sem fins lucrativos criada em 2019 para promover o desenvolvimento sustentável e apoiar projetos de base comunitária, a partir das diretrizes apontadas no âmbito da Iniciativa Barcarena Sustentável. Financia projetos que contribuam para o desenvolvimento sustentável, com linhas de investimento com base em demandas reais do território. O Fundo é mantido pelas empresas Hydro, Albras e Alunorte, e possui compromisso de investimento de R$ 100 milhões em 10 anos.

In Press Porter Novelli

External Press Officer

Recommended for you