Skip to content

Gastronomia do Amanhã abre as portas do empreendedorismo

Cursos oferecem capacitação gratuita em culinária para pessoas em situação de vulnerabilidade social em Barcarena e Abaetetuba

090222_Gastronomia do Amanhã.JPG

As primeiras turmas da 5ª edição do Gastronomia do Amanhã recebem, em Barcarena, os certificados de conclusão em cursos de culinária e de outras áreas voltadas ao empreendedorismo. O projeto, patrocinado pela Albras, oferece, gratuitamente, oportunidades de qualificação e de desenvolvimento de novas fontes de renda para moradores da região.

Os cursos iniciaram em janeiro deste ano. Em Barcarena, o projeto já realizou capacitações nas comunidades de Itupanema, Vila Nova e Vila do Conde. Os participantes tiveram uma semana intensa de aprendizado, com chefes de cozinha e especialistas em outras áreas. A programação incluiu aulas teóricas e práticas sobre noções de culinária, técnicas de biossegurança, marketing e empreendedorismo. Os alunos também aprenderam a desenvolver ficha técnica para alimentos e técnicas de cozinha.

Aprendizado que estimula a realização de sonhos. Aos 30 anos de idade, o motorista Rafael Margalho quer ser referência em churrasco. O jovem tem um pequeno restaurante, em Vila do Conde. Apesar de passar parte do dia dirigindo, sua verdadeira paixão está na cozinha.

“Sempre gostei de preparar carnes para churrasco. Já fiz cursos de capacitação, mas o Gastronomia do Amanhã me fez enxergar um leque de novas coisas, que eu quero colocar em prática na minha cozinha. Quero muito expandir o meu cardápio.”, conta Rafael.

Empoderamento

O projeto permite uma formação que multiplica o conhecimento à comunidade local. É o que tem feito Carla Vasconcelos, de 52 anos, moradora da comunidade de Itupanema. Capacitada na primeira turma, em Barcarena, a autônoma segue em contato com participante do curso, com a missão de estimular o empreendedorismo gastronômico às mulheres da localidade onde vive.

“O projeto vai além dos cinco dias de formação. Criamos um grupo no curso, e seguimos trocando ideias na rede social. Falamos sobre receitas, e ainda estimulamos outras mulheres da comunidade a pensar a culinária como uma fonte de renda.”, pontua Carla.

Agricultura familiar

Durante as aulas de culinária os alunos manusearam alimentos fornecidos pelo projeto Tipitix, como macaxeira, farinha de mandioca, frutas, folhagens e temperos regionais. Todos os ingredientes foram disponibilizados por produtores da agricultura familiar de Barcarena que participam da iniciativa.

O Tipitix é uma iniciativa do Fundo de Sustentabilidade Hydro e da Fundação Mitsui Bussan do Brasil que tem como foco o empreendedorismo agroalimentar comunitário e a geração de renda em Barcarena. O projeto, implementado pelo Instituto Peabiru, estimula o aumento da qualidade e o valor agregado da produção local, em especial, da mandioca. Investimento voluntário e espontâneo, o projeto recebeu o valor de R$ 1,5 milhão para instalação de uma unidade de beneficiamento, inaugurada em outubro passado, que está oferecendo diversas oportunidades a empreendedores e grupos sociais da região.

Programação

Os cursos gratuitos do Gastronomia do Amanhã continuam em Barcarena. Nas próximas semanas, serão realizadas turmas nas comunidades Laranjal e São Francisco. E a partir de 21 de fevereiro, haverá capacitações em Vila de Beja, em Abaetetuba. Ao todo, a expectativa é que o projeto alcance mais de trezentos moradores nos dois municípios. Todas as vagas já estão preenchidas.

O cronograma do projeto, que capacita pessoas em situação de vulnerabilidade social com oficinas de culinária e empreendedorismo, conta com cinco dias de oficinas, sendo quatro de aulas teóricas e práticas e, no quinto e último dia, o resultado de todo esse processo é compartilhado com o público em uma mostra gastronômica, com a entrega de certificados.

A chef Verena Aquino, coordenadora técnica do projeto, relata sobre a experiência de ajudar as pessoas nesse processo de aprendizagem para enxergarem na gastronomia uma fonte de renda.

“Organizamos tudo para que os alunos se sintam seguros e motivados a continuar a cozinhar após o término do curso. A linguagem e as aulas são adequadas dentro do que os participantes encontram no dia a dia. Ao término das aulas, já tivemos casos de alunos que montaram seus próprios restaurantes e hoje possuem renda própria”, conclui Verena.

Todo o curso é realizado adotando os protocolos de saúde e segurança em razão da covid-19, como o uso de máscaras e a utilização de álcool em gel. Para mais informações, é possível acessar as redes sociais do projeto ou ligar para o telefone (91) 98391-4039.

O Gastronomia do Amanhã é um patrocínio da Albras via Lei de Incentivo à Cultura e Realização Embrasesc, Secretaria Especial da Cultura e Ministério do Turismo.

In Press Porter Novelli

External Press Officer

Recommended for you