Skip to content

Bauxita

A bauxita é o principal minério de alumínio.

red bauxite pebbles

É formada como um produto residual ao longo de milhões de anos por intemperismo químico de rochas contendo silicatos de alumínio. Foi descoberta pela primeira vez na França em 1821 e, desde então, tem sido encontrada em muitos locais em todo o mundo. A Hydro tem participação em duas minas de bauxita no Brasil.

Principais recursos

  • Ocorrências de bauxita são generalizadas, principalmente em áreas tropicais, onde tem havido um intemperismo intenso para gerar bauxita; no entanto, os recursos são firmemente retidos por alguns concorrentes
  • Geralmente, a bauxita ocorre em uma camada fina (tipicamente, de 2 a 5 metros) na superfície ou próxima dela
  • A produção mundial é de cerca de 250 milhões de toneladas e tem crescido a uma taxa anual acima de 5% na última década, impulsionada principalmente pelo crescimento da demanda chinesa

Detalhes do produto

  • A bauxita é uma mistura de minerais que contém concentrações variadas de óxidos de alumínio hidratados, bem como impurezas. Os principais minerais do minério são gibbsita (tri-hidrato de alumina), boemita e diásporo (mono-hidratos de alumina)
  • A bauxita rica em gibbsita é preferencial, uma vez que ela pode ser refinada a temperaturas de digestão mais baixas do que outros tipos de minerais portadores de alumina
  • Geralmente, a bauxita é marrom-avermelhada, mas também pode ser branca, marrom e amarela, dependendo do tipo e concentração de minerais de ferro presentes. Ela também tem uma ampla gama de texturas, mas é tipicamente opaca a terrosa em termos de brilho, e pode parecer argila ou terra

Áreas de aplicação

  • Alumina para fins metalúrgicos
  • Abrasivos
  • Cimento
  • Aplicações químicas