Skip to content

Ciclo de vida do alumínio

Desde a mineração da bauxita até produtos sob medida e reciclagem, somos uma empresa de alumínio totalmente integrada e criamos valor ao longo de todo o ciclo de vida.

Aluminium foil

O alumínio tem um ciclo de vida que poucos outros metais podem igualar. É resistente à corrosão e pode ser reciclado repetidamente, exigindo apenas uma fração da energia usada para produzir o metal primário.

Isso faz do alumínio um excelente material de construção reformulado e adaptado para atender às necessidades e aos desafios de diferentes tempos e produtos.

Como é feito

Aluminium value chain

1. Mineração de bauxita

A produção do alumínio começa com a bauxita da matéria-prima, que contém 15 a 25% de alumínio e é encontrada principalmente em um cinturão ao redor do equador. Existem cerca de 29 bilhões de toneladas métricas de reservas conhecidas de bauxita e, no atual ritmo de extração, essas reservas durarão mais de 100 anos. Existem, no entanto, vastos recursos não descobertos que podem estender essa perspectiva de tempo para 250 a 340 anos.

2. Refinação de alumina

Através do processo Bayer, a alumina (óxido de alumínio) é extraída da bauxita em uma refinaria. A alumina é então usada para produzir o metal primário na proporção de dois para um (2 toneladas métricas de alumina = 1 tonelada métrica de alumínio).

3. Produção primária

O átomo de alumínio na alumina é ligado ao oxigênio e precisa ser quebrado por eletrólise para produzir metal de alumínio. Isso é feito em grandes linhas de produção e é um processo intensivo em energia, exigindo muita eletricidade. Usar energia renovável e aprimorar continuamente nossos métodos de produção é um meio importante para atingir nossa meta de neutralidade em carbono em uma perspectiva de ciclo de vida até 2020.

4. Fabricação

Anualmente, a Hydro fornece ao mercado mais de três milhões de toneladas métricas de produtos de fundição, tornando-nos um dos principais fornecedores de lingotes de extrusão, lingotes de chapas, ligas de fundição e alumínio de alta pureza, com presença global. Os usos mais comuns do alumínio primário são extrusão, laminação e fundição:

Extrusão

A extrusão permite moldar o alumínio em praticamente qualquer forma imaginável usando perfis prontos ou personalizados.

Laminação

O papel-alumínio que você usa em sua cozinha é um bom exemplo de um produto de alumínio laminado. Dada a sua extrema maleabilidade, o alumínio pode ser laminado de 60 cm a 2 mm e, posteriormente, processado em folhas tão finas como 0,006 mm e ainda ser completamente impermeável à luz, ao aroma e ao sabor.

Fundição

A criação de uma liga com outro metal altera as propriedades do alumínio, adicionando resistência, brilho e/ou ductilidade. Nossos produtos de fundição, como lingotes de extrusão, lingotes de chapas, ligas de fundição, fios-máquina e alumínio de alta pureza, são usados nos setores de transporte e automotivo, em edifícios, na transferência de calor, na eletrônica e na aviação.

5. Reciclagem

A reciclagem de alumínio leva apenas 5% da energia necessária para produzir o metal primário. Além disso, o alumínio não se deteriora com a reciclagem e 75% de todo o alumínio já produzido ainda está em uso. Nosso objetivo é crescer mais rápido que o mercado em reciclagem e assumir uma posição de liderança também na parte de reciclagem da cadeia de valor do alumínio, recuperando anualmente 1 milhão de toneladas métricas de fragmentos de alumínio contaminado e pós-consumido até 2020.

Você sabia?

Cerca de 75% de todo o alumínio produzido ainda está em uso