Skip to content

Segundo trimestre de 2021 – Recorde de resultados e percepção positiva no mercado

A Norsk Hydro ASA anunciou um EBITDA ajustado de NOK 6,598 bilhões no segundo trimestre de 2021, superando a cifra de NOK 2,794 bilhões no mesmo trimestre do ano passado. A continuidade da recuperação da economia mundial contribui para uma maior demanda de alumínio e derivados. As áreas de negócios Hydro Metal Alumínio e Hydro Extrusões divulgaram resultados recordes para o trimestre.

Hydro aluminium ingot
  • Resultado recorde da Metal Alumínio atribuído a preços mais altos da Bolsa de Londres e prêmios de produção,
  • Operações robustas, programa de melhorias avançando além do programado
  • Forte desempenho da Extrusões e avanço nos projetos de crescimento
  • Reforço da posição de sustentabilidade com investimentos para a intensificação da reciclagem
  • Finalização da venda da área de negócios Hydro Laminados para KPS Capital Partners

O aumento de volumes e de preços do metal all-in na Metal Alumínio, as margens e volumes mais vantajosos na Extrusions, e os fortes resultados na Hydro Energy contribuíram positivamente para o EBITDA ajustado da Hydro. Tais fatores positivos foram, em parte, afetados pela alta de preços das matérias-primas upstream e pelos efeitos negativos do câmbio.

A retoma global da economia mundial, iniciada no final de 2020, continuou neste segundo trimestre. Em termos globais, as perspectivas econômicas continuam a dar sinais de melhoria, como resultado do avanço dos programas de vacinação e da redução do número de casos de Covid-19.  Consequentemente, aumentou a demanda global de alumínio, e o mercado de alumínio primário deverá ficar equilibrado em 2021.

“As boas expectativas de mercado e o desempenho robusto da empresa contribuíram para os resultados recordes do trimestre. Estamos no caminho certo quanto à nossa meta de retorno de 10% ao longo do ciclo de negócios, e o programa de melhorias também está mais adiantado do que o programado. Além disso, trabalhamos ativamente para posicionar nossos produtos no mercado, e aumentar a capacidade de responder à maior demanda de produtos de baixo carbono, em linha com a estratégia delineada para 2025 de fortalecer nossa rentabilidade e sustentabilidade”, explica a CEO Hilde Merete Aasheim.

A Hydro continua a lidar com os efeitos da pandemia de Covid-19, tanto no que diz respeito à segurança dos empregados, como das comunidades locais de que fazemos parte. As operações da Hydro, em geral, mantiveram-se normais do segundo trimestre.

No decorrer do trimestre, o preço à vista do alumínio na Bolsa de Londres alcançou o seu mais alto nível em quase dez anos, e a forte demanda também fez subir os prêmios do produto. Esses fatores contribuíram para o resultado recorde de NOK 2,807 bilhões em EBITDA ajustado na Metal Alumínio. No segundo trimestre, a área de negócios também conseguiu concluir a retomada da fábrica de alumínio de Husnes. Agora, a fábrica está de volta à operação total, pela primeira vez com uma capacidade de 195 000 toneladas desde que parcialmente paralisada, em 2009.

“Com a reativação da produção na segunda linha de Husnes, introduzimos outras 100 000 toneladas de alumínio de baixo carbono ao mercado anualmente, em linha com a agenda Fit for 55 da União Europeia, em que o setor de alumínio contribui para reduzir as emissões da indústria de produção; além de o alumínio desempenhar um papel importante na redução de emissões na fase de utilização”, explica Aasheim.

A área Extrusões registrou resultados recordes e superou o recorde alcançado no primeiro trimestre deste ano. Os resultados foram impulsionados pelo forte aumento dos volumes, melhores margens, e redução de custos associados aos programas de melhorias. Durante o trimestre, registrou-se uma constante retomada da indústria automobilística na Europa, além de um crescimento robusto no segmento industrial e de construção. Com o objetivo de melhorar ainda mais os resultados e fluxo de caixa da área de negócios, decidiu-se investir em nova capacidade de prensa em Cressona, nos Estados Unidos, e em Nenzing, na Áustria. Os investimentos deverão proporcionar melhor desempenho e aumentar a capacidade em cerca de 30 000 toneladas, aumentando os volumes em segmentos atraentes tais como a indústria automobilística, o setor dos transportes, os produtos técnicos e a construção.

O forte desempenho da Extrusões é o principal motivo da nossa posição adiantada em relação ao programa de melhorias de NOK 7,4 bilhões até 2025, dos quais NOK 5,1 bilhões deverão ser alcançados até o final de 2021, se levamos em conta o ponto de partida do programa em 2018.

A Hydro definiu uma estratégia clara até 2025. A empresa pretende fortalecer sua posição em alumínio de baixo carbono, além de explorar possibilidades de crescimento em novas fontes de energia. No dia 05 de março de 2021, a Hydro celebrou um acordo para a venda da área de negócios de laminados à KPS Capital Partners. A venda foi concluída neste 1º de junho. O valor total desta área de negócios, incluindo o imóvel em Bonn, Alemanha, vendido a Cube Real Estate, é de € 1,4 bilhões. A venda contribui para a habilidade da Hydro de perseguir sua meta estratégica.

A sustentabilidade é uma das vantagens competitivas da Hydro, e constitui uma importante condição para que a empresa possa pôr em prática toda sua estratégica até 2025. Durante o segundo trimestre, a Hydro Bauxita & Alumina recebeu licença para operar seu avançado depósito de resíduos sólidos - DRS2-, o que levará a uma redução da área necessária ao armazenamento dos resíduos. Além disso, a área de negócios deverá assinar um convênio com a Universidade de São Paulo para pesquisa de alternativas mais sustentáveis na utilização dos resíduos da bauxita no setor da construção civil.

“A economia circular e um maior índice de reciclagem são elementos fundamentais na transição para uma sociedade de baixo carbono. Nossa estratégia consiste em duplicar a reciclagem de alumínio pós-consumo até 2025, e anunciamos, no decorrer do trimestre, vários investimentos importantes neste sentido. Para reduzir ainda mais as emissões da empresa, e aproveitar nossa posição privilegiada na cadeia de valor de energia, continuamos a desenvolver a Hydro REIN e a nossa empresa de hidrogênio – adicionando novos projetos à sua carteira e preparando o processo de aumento de capital”, acrescenta ela.

Ainda no trimestre, a Metal Alumínio assinou um memorando de intenções com a Midwest Energy and Communications, para a construção de uma planta de reciclagem de alumínio em Michigan, Estados Unidos. De acordo com o plano, a planta deverá produzir 120 000 toneladas de alumínio a partir de 2023, e deverá ser a primeira planta nos Estados Unidos a produzir em grande escala o Hydro CIRCAL, produto conhecido por ser de baixo carbono. Além disso, tomou-se a decisão de investir no aumento de até 65 000 toneladas da capacidade de reciclagem nas plantas de Sjunnen, na Suécia, em Navarra, na Espanha, e em Rachwitz, na Alemanha.

A Hydro também examinou possibilidades de crescimento e colaboração na área de novas energias durante o trimestre.  A empresa de desenvolvimento renovável da Hydro, Hydro REIN, celebrou um acordo com a empresa de energia eólica Eolus para a aquisição de direitos do projeto de energia eólica sob licença Stor-Skälsjön, na Suécia, que possui uma capacidade total de 260 MW. A Hydro REIN, juntamente com Equinor e RWE Renewables, assinou também um acordo de cooperação para preparar e apresentar candidatura para a instalação de um grande parque eólico offshore de base fixa na região norueguesa do Mar do Norte Sørlige Nordsjø II).  

A Hydro vê um potencial considerável na utilização industrial do hidrogênio, algo que poderá contribuir à redução de nossas emissões de CO2. No segundo trimestre, a recém-criada empresa de hidrogênio da Hydro firmou um memorando de intenções com a Everfuel. As duas empresas deverão utilizar a capacidade das futuras instalações de produção de hidrogênio de propriedade da Hydro, ou em conjunto com a Hydro, para fornecer hidrogênio renovável ao setor marítimo, à indústria e ao mercado verde de mobilidade na Europa.

A prioridade da Hydro de continuar focando em seus acionistas e no pagamento previsível de dividendos foi estendida a todo 2021. A proposta do Conselho de Administração da Hydro de pagar um dividendo de NOK 1,25 por ação em 2020 foi aprovada na Assembleia Geral e o pagamento aos acionistas ocorreu em 19 de maio de 2021. Os dividendos somaram 95% da receita líquida ajustada. A política de dividendos da Hydro continua sendo o pagamento de, pelo menos, 50% da receita líquida ajustada acima do ciclo, com NOK 1,25 por ação como um mínimo.  Tal política, atualizada em 2021, reflete a ambição da Hydro de aumentar o retorno de capital aos acionistas.

Em comparação com o primeiro trimestre de 2021, o EBITDA ajustado da Hydro aumentou de NOK 5,182 bilhões para NOK 6,598 bilhões no segundo trimestre de 2021. O aumento dos preços do metal all-in na Metal Alumínio, melhores resultados na Mercados de Metal, e margens e volumes mais vantajosos em Extrusões contribuíram para as melhorias, que foram, em parte, afetadas com os custos mais elevados de matérias-primas, preços do alumínio realizados mais baixos, e redução da produção na Energia.

O EBITDA ajustado para o primeiro semestre de 2021 aumentou, em comparação com o mesmo período no ano anterior. Os preços do metal all-in e os volumes mais altos na Metal Alumínio, maiores margens e volumes na Extrusões, e os melhores resultados na Energia contribuíram positivamente para o EBITDA ajustado. Tais fatores positivos foram, em parte, afetados pelos preços mais elevados das matérias-primas e pelos efeitos negativos do câmbio.

A receita líquida das operações contínuas totalizou NOK 2,397 bilhões no segundo trimestre. Além dos fatores acima descritos, a receita líquida de operações contínuas inclui um ganho cambial líquido na ordem de NOK 550 milhões e uma perda não realizada em contratos relacionados com a Bolsa de Londres na ordem de NOK 1,646 bilhões.

A posição da dívida líquida da Hydro foi reduzida de NOK 8,3 bilhões para NOK 3,6 bilhões no final do trimestre. O fluxo de caixa líquido resultante de atividades operacionais, excluindo mudanças nas garantias de curto prazo, alcançou NOK 4 bilhões. O fluxo de caixa líquido aplicado em atividades de investimento, excluindo investimentos de curto prazo, somou NOK 1,6 bilhão.

No final do segundo trimestre, a Hydro contava com NOK 20,1 bilhões em caixa ou equivalentes, e NOK 0,9 bilhão em fundos do mercado monetário, incluindo investimentos de curto prazo. Os recursos investidos em fundos do mercado monetário podem, normalmente, ser disponibilizados em curto prazo.  A linha de crédito rotativo de US $ 1,6 bilhão ficou totalmente disponível até o final do segundo trimestre.

Além dos fatores acima expostos, os lucros reportados antes dos itens financeiros e impostos (EBIT), bem como a receita líquida, incluem os efeitos divulgados no relatório trimestral. A dívida líquida, os ajustes no EBITDA, EBIT e receita (ou perda) líquida encontram-se definidos e descritos no capítulo sobre metas de lucro alternativas (APM) na versão em inglês do relatório trimestral.

Contatos

Line Haugetraa

Line Haugetraa

Head of Investor Relations

halvor molland

Halvor Molland

Senior vice president, Group Communication

Recommended for you