Skip to content

Hydro se prepara para reduzir a produção da Hydro Alunorte em 50%

Em 27/02/2018, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SEMAS) do Pará notificou a refinaria de alumina Hydro Alunorte, de propriedade da empresa de alumínio norueguesa Norsk Hydro ASA, de que terá de reduzir sua produção de alumina calcinada em 50%.

A SEMAS determinou que a Hydro Alunorte reduza 50% de sua produção de alumina calcinada, solicitando que a redução seja feita até o dia 1° de março. Além disso, a empresa receberá uma multa diária de aproximadamente 500 mil reais, se não cumprir com a redução dentro do prazo estipulado. A Hydro Alunorte está, nesse momento, se preparando para cumprir a exigência da SEMAS.

Planos de contingência serão implementados para reduzir o potencial efeito negativo sobre os clientes.
"Estamos fazendo o máximo para limitar o impacto desta situação desafiadora para nossos empregados, nossos clientes e para as comunidades que nos rodeiam", diz o presidente e CEO Svein Richard Brandtzæg.

Embora ainda seja muito cedo para avaliar a dimensão e o impacto do corte de produção, a redução poderá vir a ter consequências financeiras e operacionais significativas para a empresa.  

A razão das medidas tomadas pela SEMAS foi o não cumprimento de uma determinação da SEMAS, em 23/02/18, de reduzir os níveis das bacias do depósito de resíduos sólidos DRS1 na Hydro Alunorte em um metro de borda até o dia 26/02. Ao utilizar bombas adicionais e aumentar a capacidade de tratamento de águas, o nível de um metro exigido foi alcançado no dia 27/02.