Skip to content

Cadeia produtiva de alumínio e desenvolvimento local em exposição na Feira da Indústria do Pará

A Hydro apresenta no seu estande investimentos em tecnologias, sustentabilidade das operações e projetos sociais nas comunidades vizinhas.

No estande os visitantes podem conhecer a cadeia produtiva – da bauxita à fabricação de produtos de alumínio
No estande os visitantes podem conhecer a cadeia produtiva – da bauxita à fabricação de produtos de alumínio

Única empresa 360º da indústria global do alumínio, a Hydro participa de mais uma edição da Feira da Indústria do Pará (FIPA) com um estande onde os visitantes podem conhecer a cadeia produtiva – da bauxita à fabricação de produtos de alumínio -, as melhores tecnologias de tratamento de resíduos, as inovações tecnológicas da indústria 4.0, as linhas de pesquisas em andamento, além dos investimentos em projetos sociais e fomento ao desenvolvimento local. Dessa forma, a empresa reforça o seu compromisso com o Estado do Pará e dos municípios onde atua. Realizada pela Federação das Indústrias do Pará (Fiepa) e Sebrae, a XIV FIPA ocorre de 15 a 18 de maio, no Hangar, em Belém.

No principal evento de relacionamento entre a população da capital e as indústrias do Estado, a Hydro tem um estande de 108 metros quadrados, estruturado para exibição de vídeos e exposição de painéis, além de um ambiente interativo digital, com realidade aumentada de objetos em alumínio. Dentre os conteúdos, está em destaque, por exemplo, a tecnologia do filtro prensa e empilhamento a seco, uma das mais modernas do mundo no tratamento e armazenamento de resíduos, utilizada na Alunorte, em Barcarena.

Resultado de um investimento de mais de R$ 1 bilhão, este projeto, iniciado em 2015, trouxe para a refinaria o método pioneiro no país. Os filtros-prensa geram um resíduo com 78% de teor de sólidos, o que permite o empilhamento a seco por meio de compactação, aumentando a segurança do depósito e reduzindo significativamente a área utilizada para armamento de resíduo. A empresa foi a primeira a usar essa tecnologia para filtração de resíduos no Brasil em larga escala.

“Com a combinação dessas duas tecnologias - filtros prensa e compactação -, o espaço necessário para armazenar os resíduos é quatro vezes menor, quando comparado à tecnologia anterior de filtro tambor. Esse procedimento reduz significativamente a umidade do resíduo de bauxita e aumenta ainda mais a segurança do depósito”, explica Carlos Neves, diretor de Operações da Área de Bauxita e Alumina da Hydro. “A FIPA é uma excelente oportunidade para apresentarmos, de forma aberta e transparente, os investimentos em gestão e monitoramento dos depósitos, de modo a garantir a segurança das nossas operações no Estado”, acrescenta.

Na XIV FIPA, a Hydro também mostra os resultados do Consórcio de Pesquisa em Biodiversidade Brasil-Noruega (BRC), mantido pela Hydro em Paragominas, uma parceria com a Universidade Federal do Pará (UFPA), a Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA), a Universidade de Oslo (UiO) e o Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG).

O Consórcio busca alcançar o nível mais alto de desenvolvimento em reabilitação ecológica e ambiental, a partir da ciência, além de fomentar a educação e pesquisa. Cerca de 100 profissionais estão envolvidos em todos os programas de pesquisa do Consórcio. O BRC já implementou diversos estudos inéditos, como de algas e crustáceos, entre outros.

A empresa apresenta ainda as iniciativas na área de responsabilidade social, nas áreas de educação, empreendedorismo e empregabilidade. Em Barcarena, jovens de 18 a 29 anos participam do EmBarca Amazônia 360º para o desenvolvimento de aptidões empreendedoras e elaboração de negócios sustentáveis. Em breve, o município ganhará uma unidade de triagem de resíduos sólidos, resultado do programa Sustentar, uma parceria público-privada entre a Hydro e a Prefeitura.

Em Paragominas, o destaque é a experiência de conscientização ambiental focada nos jovens da região, como parte da organização e do fortalecimento da cooperativa de resíduos recicláveis do município.

Além disso, o visitante poderá ver um resumo das ações do programa de voluntariado da Hydro, Voluntários em Ação, que promove oficinas de plantio de mudas, torneios esportivos, recreação com as crianças das comunidades e revitalização de espaços e equipamentos públicos de convivência.

“Estamos empenhados em fazer uma diferença positiva nos municípios onde atuamos e iniciativas como estas nos permitem atuar de forma efetiva, exercendo nosso papel de bom vizinho e contribuindo para uma sociedade mais viável”, analisa Luana Carvalhosa, gerente sênior de Programas Sociais da Hydro.

Contatos

Elena Brito Pantoja

Elena Brito Pantoja

Communication and Public Affairs Senior Manager