Skip to content

Undeli no Brasil: Impressionante!

“As atividades de bauxita e alumina que nós estamos planejando assumir no Brasil são impressionantes em relação ao seu tamanho e a sua qualidade”, diz Johnny Undeli, chefe da nova área de negócios agora em desenvolvimento, depois de sua primeira visita à mina de Paragominas e à refinaria de alumina Alunorte que fica em Barcarena. Ele está agora anunciando a próxima fase no planejamento de integração.

Junto com Fernando Simões Henriques, que liderará as duas atividades no Brasil, Undeli pôde acompanhar o trabalho mais de perto durante uma visita recente. A visita fazia parte do planejamento de integração que agora está se desenvolvendo rapidamente.

Cooperação é a chave para o sucesso

“Como um chefe, você deve ser humilde e esperançoso quando se pensa nas tarefas que estão à sua frente. Isto é grande. Isto é a longo prazo. E é extremamente importante para a Hydro que nós tenhamos sucesso aqui. A chave para este sucesso está na cooperação com todos os futuros colegas em Barcarena, Paragominas e Rio de Janeiro, os quais de acordo com os planos irão se juntar à unidade de Bauxita & Alumina da Hydro. Juntos, eles representam um conhecimento e uma competência que serão extremamente importantes para nós, não somente nos primeiros meses, mas nos próximos anos”, diz Undeli.

Ele elogiou a maneira como o pessoal da Hydro foi recebido no Brasil na primeira fase do planejamento de integração.

“É promissor”, ele diz. “O que nós encontramos foi sinceridade, abertura e boa vontade, o que causou uma boa impressão não somente em mim, mas em outras pessoas também. É inspirador ver quantas semelhanças parecem existir na cultura de negócios das operações brasileiras e da Hydro.”

Nova organização em formação

O trabalho de planejamento na integração da Hydro com a unidade de alumínio da Vale no Brasil está entrando numa nova fase depois que a nomeação dos cargos de chefia e de outros cargos importantes na nova área de negócios foram anunciados em meados de junho. Agora é a vez das nomeações que ainda estão faltando e de outras tarefas organizacionais, assim como a criação de uma estrutura e as nomeações a cargos subordinados à gerência da área de negócios.

Undeli diz que não há planos para fazer grandes mudanças organizacionais nas atividades das minas e instalações brasileiras.

“O desafios organizacionais mais importantes dizem respeito a como nós deveríamos organizar as funções de suporte que hoje fazem parte da organização central da Vale”, diz Undeli.

Maiores mudanças na organização do quadro de funcionários

Por outro lado, haverá maiores mudanças para os 33 empregados que pertencem ao quadro de funcionários afetados da Hydro e para os seus 31 futuros colegas que hoje trabalham na organização central da Vale.

Segundo os planos, a estrutura subordinada à chefia da área de negócios deverá estar pronta em agosto e as nomeações devem acontecer até o final de setembro. A estrutura do resto da organização deverá ser determinada em setembro, enquanto que a organização inteira deverá estar finalizada “no papel” em outubro.

A princípio, os cargos não estarão abertos a funcionários que não fazem naturalmente parte do processo.

Necessidade de qualificação, mudanças podem ocorrer

“Nós estamos trabalhando para que todos que naturalmente fazem parte da nova área de negócios deverão receber uma oferta de trabalho. Nós precisamos de toda competência oferecida pela organização Hydro e pelo pessoal da Vale. Para alguns, especialmente para os funcionários em Oslo, poderia haver a questão de mudança para uma localidade diferente. Como nós tradicionalmente fazemos na Hydro, nós tentaremos determinar isto em cooperação com cada pessoa”, diz Undeli.

“Nós decidimos também que os funcionários da Vale que se juntarem a Hydro depois da planejada tomada de posse manterão a remuneração e os benefícios que eles conquistaram, apesar de que alguns ajustes podem ser necessários para que tudo esteja de acordo com as diretrizes da Hydro.”